Fernando Machado

Blog

Pausa poética

“Se és capaz de dar, segundo por segundo, / ao minuto fatal todo valor e brilho. / Tua é a Terra com tudo o que existe no mundo, / e – o que ainda é muito mais – és um Homem, meu filho!” Rudyard Kipling (1865/1936)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.