Fernando Machado

Blog

Ainda Dona Lindu

Recebo do senhor Júlio Ferreira, este email: “Ao discursar, quando da inauguração do polêmico Parque Dona Lindu, afirmando que os protesto contra o nome escolhido para o logradouro seriam frutos do preconceito das “elites” contra a homenagem prestada a sua “pobre mãezinha”, o presidente Lulla, entre outras tantas baboseiras, vociferou: “Se em vez de um busto de uma mulher retirante, tivessem feito um busto de um aristocrata, não teria preconceito”.

Na verdade, a exemplo de como repetidamente faz quando se sente acuado, Lulla investiu mais uma vez na estratégia de usar a cômoda “fantasia” de vítima. Seu Lulla, ninguém é contra dar o nome de sua mãe ao parque apenas porque ela foi mais uma das muitas retirantes nordestina que, premidas pelas dificuldades optaram por tomar o rumo do “sul maravilha”, em busca de melhores condições de vida.

Desce do palanque, presidente! Qualquer idiota sabe que em nenhum momento quem deu o nome de sua mãe ao Parque de Boa Viagem estava pensando em homenageá-la. Na verdade, e isso é público e notório, ao deixar-se enganar, fingindo não perceber que o nome de sua mãe está sendo usado como um sórdido instrumento de adulação, Lulla apenas confirma a pertinência do conceito emitido por La Rochefoucauld, pensador francês que viveu no século XVII: “A bajulação é a moeda falsa que só circula por causa da vaidade humana”.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.