Fernando Machado

Blog

Pausa Poética

patativa

“Eu sou de uma terra que o povo padece / Mas não esmorece e procura vencer. / Eu sou brasileiro, filho do Nordeste, / Sou cabra da Peste, sou do Ceará.” Patativa de Assaré (1919/2002)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.