Fernando Machado

Blog

Noticias do Ceará

Na Praça da Lagoinha, em Fortaleza, existe um busto de um jovem, que no dia 4 de agosto de 1959, ao ver o incêndio na Casa de Saúde Dr. César Cals, tratou de socorrer as vítimas. Ao voltar do Colégio São João, João Nogueira Jucá não perdeu tempo e foi salvar as vitimas. João faleceu no dia 11 de agosto de 1959, vitima das queimaduras. O Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, homenageou-o com o título de Bombeiro Voluntário e instituiu a Medalha de Bravura João Nogueira Jucá, insígnia criada para agraciar aos que tenham se destacado pela prática de atos heroicos.

ce-

O busto do herói João Nogueira Jucá (Foto: Divulgação)

Proteger a sociedade arriscando a própria vida. Essa é a rotina do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, que completa 90 anos de existência no próximo sábado em meio a muitos episódios marcantes. Atuando nas áreas de combate a incêndios, atividades técnicas, salvamento terrestre, salvamento em alturas, salvamento aquático, mergulho autônomo, atendimento pré-hospitalar, ações de Defesa Civil, prevenção em grandes eventos e capturas de animais silvestres, esses profissionais mostram a cada dia que vão além da alcunha de Heróis do Fogo.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.