Fernando Machado

Blog

Um su, o vernissage de EH

b-roger-man-edgard-homen

O músico Roger Man e o irmão Edgard Homem (Foto: Fernando Machado)

Inaugurado há quase dois anos, o Amaro Restaurante, uma homenagem ao bairro onde ele está localizado, pertence aos sócios André Azevedo e a chef Carol Medeiros. Sua cozinha remete à gastronomia francesa, afinal de contas Carol passou dois anos estagiando em Paris, mas faz um pit stop na peruana. O Amaro que abria somente para almoço, a partir deste mês, abrirá para jantar.

b-carol-medeiros-andre-azevedo

Carol Medeiros e André Azevedo (Foto: Fernando Machado)

O Amaro Restaurante, é muito aconchegante, tem projeto do arquiteto Henrique Sposito que soube aproveitar o estilo colonial do imóvel, e, um cardápio de a gente comer rezando para Santo Amaro. Adorei o Amaro Restaurante. Pois bem foi nesse set que o jornalista e doublé de artista plástico Edgar Homem realizou, ontem, o vernissage de suas 13 obras que incursionou nos pinceis em 1986.

b-carlito-rangel-flavia-de-gusmão

Carlito Rangel, Flávia de Gusmão uma das telas de Edgard Homem (Foto: Fernando Machado)

O sucesso do vernissage foi tão grande pois durante o almoço foram vendidos cinco telas. A ideia de primeira exposição coube ao amigo e curador Carlos Trevi. Edgard Homem tem muito talento e seus trabalhos são maravilhosos. Senti que ele já deve está pensando em nova exposição. Por enquanto vale a pena conferir as telas, do figurativo ao abstrato, porque ficarão expostas até o próximo dia 13.

b-edgard-homem

Edgard Homem diante de uma dos seus trabalhos (Foto: Fernando Machado)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.