Fernando Machado

Blog

Categoria Moda

As Armadilhas da Moda segundo Arlindo Grund

“A partir de agora vamos entender que uma peça pode ser linda, maravilhosa, assinada por estilista, ser cara, ter uma costura invejável, mas não ser a ideal para a gente. E, aí, é melhor admirá-la no corpo de alguém ou na televisão de que vesti-la. Ficaremos mais felizes e poderemos gastar com outras roupas ideais para o nosso corpo. Quer saber como? Venha comigo!” É assim que começa o livro As Armadilhas da Moda, que o mago Arlindo Grund lançou, ontem, à noite, na Livraria Cultura, do RioMar, com direito a sucesso e logios.

Arlindo entre os pais Afrânio Lopes e Elizabeth Grund (Foto: Fernando Machado)

Ana Paula Bernardes, Mariana Rocha e Kiki Marinho (Foto: Fernando Machado)

O livro é uma verdadeira enciclopédia para todas as tribos. Arlindo estava em grande noite num um look branco À La Garçonne by Alexandre Herchcovitch, e calçava sapatos brancos de Gucci. Gostei muito do visual do doutor em moda. Uma pessoa sem frescura, apesar de ser famoso apresentador do programa Esquadrão da Moda, à côté Isabella Fiorentino transmitido pela TV Jornal, retransmissora da TV SBT. Vale a pena ler sua nova obra, pois explica o quê é armadilha no saber combinar a moda ao seu corpo.

Arlindo Grund com Maria Elisa Schuler (Foto: Fernando Machado)

Arlindo Grund e Diego Melo (Foto: Fernando Machado)

Quem pensar que no cortejo dos autógrafos tinha apenas os descolados, enganou-se redondamente. A turma senior marcou presença. Para Arlindo Grund uma pergunta difícil de responder é sobre a numeração de roupa e do calçado. “Se antes havia um padrão nas modelagens entre uma marca e outra, hoje já não é bem isso o que acontece: um P de uma determinada marca pode ser um M de outra”. Entre as dicas Arlindo confessa: “Quanto mais curto seu look, mais alta você ficará”.

Arlindo Grund, Sheyla Costa e Vera Viezzer (Foto: Fernando Machado)

Nathan Andrade (Foto: Fernando Machado)

Quem pensar que a pergunta com que cor eu vou, é simples de responder. Errou. “Eu não estou me referindo às nossas cores preferidas – todos têm ao menos uma -, mas sim às cores de um modo geral, às peças que habitam o seu guarda-roupa”. No As armadilhas da moda do consultor de moda e stylist Arlindo Grund temos muitas dicas para ninguém cair na armadilha da moda. Ele não pune ninguém, pois lembra “somos todos humanos e erramos. Erramos todos os dias e a todo o momento”.

Parabéns, Ladder Brand!

Luiza Cohim, Juliana Markan e Rômulo Couto (Foto: Fernando Machado)

Lara Cohim mãe de Luiza (Foto: Fernando Machado)

No dia 16 de março de 2017 a designer Luiza Cohim fundava no Recife, sua grife de moda jovem, chamada Ladder Brand. E para enfrentar este desafio ela convidou outro colega designer Rômulo Couto e juntos estão fazendo muito sucesso nesta tribo. E para comemorar a data Luiza e Rômulo movimentaram, ontem, um happy hour na Ville Vie, de Juliana Markan, em Boa Viagem.

Julia Pereira (Foto: Fernando Machado)

Jullyanne Lucena (Foto: Fernando Machado)

Sem dúvida é uma coleção bonita e ousada. Calças compridas com enormes fendas vestidos curtinhos que levam as its girls a arrancar suspiros dos its boys, remetendo ao estilo Vaccarelle. Atenção rapazes cuidado com os assédios, pois o movimento das feministas está enorme. A cartela de cores vai do preto, passando pelo branco até alcançar o nude. As amigas quem foram para o lançamento da Ladder Brand gostaram tanto que saíram de sacolas na mão.

Maria Eduarda Beltrão (Foto: Fernando Machado)

Mariana Cordeiro e Fernanda Prozini (Foto: Fernando Machado)

Foram coladas nas araras 17 peças. As modelos Clabna Ramos e Heloisa Aquino mostravam os looks passeando entre as convidadas. O coquetel foi grifado por Doce July – Tortas e Doces, de Jullyanne Lucena, com direito a um bolo de chocolate e ovomaltine. A turma se lançou na mesa de doces, a final de contas elas todas lembravam sílfides do street wear. A juventude é bela e pode tudo.

Rebeka Kreibich, Rafaela Lucena e Maria Eduarda Lobo (Foto: Fernando Machado)

Rômulo Couto, Heloísa Aquino, Luíza Cohim e Clabna Ramos (Foto: Fernando Machado)

Dona Santa, Santo Homem & Fendi

Juliana e Lilia Santos (Foto: Fernando Machado)

Ontem estive na Dona Santa/Santo Homem, leia-se Lilia Santos e sua filha Juliana, para testemunhar o abre da coleção Pop Up da Fendi. Juliana Santos by Fendi, sócia e diretora da multimarcas, recebeu alguns convidados ao lado de sua mãe, Lilia Santos, com um coquetel grifado pelo chef Kiko Selva.

Raquel Araújo (Foto: Fernando Machado)

Sandra Cantarelli (Foto: Fernando Machado)

Vitória Aleixo (Foto: Fernando Machado)

A coleção Verão 18 da Fendi inclui desde suas bolsas clássicas até aquelas de looks estilosas. Para os bofes temos a linha masculina com destaque para o relógio Timepieces, que é um clássico acessório da grife. A mostra ficará aberta aos clientes até o próximo dia 24.

Juliana Santos (Foto: Fernando Machado)

Esquinas do Mundo

No dia 28 de dezembro teremos a estréia no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, da opereta A Viuva Alegre de Franz Lehar. Na direção estará o artista de mil e uma utilidades Miguel Falabella. O anúncio foi feito segunda-feira, durante encontro com Fernando Bicudo, diretor do Municipal, para divulgar a programação do ano.

Dois looks da Chanel by Karl Lagerfeld (Fotos: Divulgação)

A grife Chanel foi buscar na floresta o tema para sua coleção, outono-inverno 2018/19, lançada no Grand Palais, por conta da Semana da Moda de Paris. O cenário remetia a uma grande floresta. O estilista Karl Lagerfeld arrebentou a boca do balão com as cores fortes, como preto, Pink, azulão e laranja.