Fernando Machado

Blog

Categoria Pausa Poética

Pausa Poética

“Sou gente daqui mesmo, de um bocado de esquinas, camaradas. Da Imperador com Marquês do Recife, da 1ª Março com a Diário de Pernambuco”. Ronildo Maia Leite (1930/2009)

 

Pausa Poética

“O mestre da banda é aquele que abre a carteira, abre a casa quando vê que músico tem talento”. Maestro Formiga (Foto: Leonardo Dantas Silva)

 

Pausa poética

“Os movimentos guardados /em gavetas / movem-se como fantasmas / quando a cidade dorme”. Lourdes Sarmento

Pausa Poética

“É de fazer chorar / Quando o dia amanhece e obriga o frevo a acabar / Oh quarta feira ingrata / Chega tão depressa / Só pra contrariar”. Luiz Bandeira (1923/1998)