Fernando Machado

Blog

Categoria Notícias da Caserna

Brasil e Itália derrotam o Nazismo   

Em Montese, na Itália, o ministro da Defesa Raul Jungmann convocou italianos e brasileiros a não esquecerem dos que combateram pela independência da Itália. No seu discurso lembra: “Aquele momento em que os brasileiros combateram aqui n Itália fez com que nascesse entre brasileiros e italianos a solidariedade, o carinho o afeto, o respeito, a admiração e um sonho de futuro. Graças aqueles pracinhas brasileiros hoje podemos estar celebrando a vida”.

Raul Jungmann quando fazia seu bonito discurso (Foto: Rossine Barreira)

Raul encerra convocando: “Vamos estar juntos por um mundo de paz, de harmonia e de felicidade para todos nós”. Com estas palavras o ministro emocionou italianos e brasileiros que participaram da cerimônia realizada ontem em Montese, pelas comemorações da Independência da Italia do julgo nazista. Foi justamente na região de Montese onde os brasileiros combateram e ajudaram para a derrota do Exercito alemão.

O prefeito de Montese, Carlos Castagnoli cumprimentando o Ministro Raul Jungmann (Foto: Rossine Barreira)

Também participaram da Cerimonia, o general Sérgio Etchegoyen, o almirante Ademir Sobrinho, embaixador do Brasil Antônio Patriota, o brigadeiro João Tadeu Fiorentni. Antes o grupo colocaram flores nos monumentos em homenagem ao sargento Max Wolf Filho e ao aspirante Francisco Mega, brasileiros que tombaram nas batalhas da Itália.

Notícias da Caserna

O prefeito Gabrielle Minghelli e o ministro Raul Jungmann em Pianoro (Foto: Rossine Barreira)

Ao lado do ministro do gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, general Sérgio Etchegoyen, o ministro Raul Jungmann, participou sábado, da cerimônia que marcou o inicio das comemorações da Indepêndencia da Itália do julgo nazista, na II Guerra Mundial. O evento aconteceu na Vila de Livergnano, em Pianoro. As cerimônias destacam a presença FEB ao lado dos Aliados, nos combates que aconteceram na região, contra os nazistas alemães. Estava presentes o prefeito de Pianoro, Gabriele Minghetti, o vice presidente da Federação Italiana do Combate Aliado, Giovanni Sulla.

Patricia e Raul Jungmann, Eneida e Sérgio Etchegoyen ao lado do monumento aos herois em Pianoro (Foto: Rossine Barreira)

Hoje, às 9h, no Quartel General do Comando Militar do Nordeste, vamos ter a cerimônia de posse da Chefia do Estado Maior. Assume o cargo o general de brigada Heber Garcia Portella, que atuava na III Brigada de Infantaria Motorizada localizada em Cristalina, Goiás. Na seqüência teremos a posse do general Marcelo Arantes Guedon, como chefe do Centro de Operação do CMNE. Ele atuava no Comando Militar do Oeste, em Campos, Mato Grosso. Essa unidade foi recentemente criada. O comandante do CMNE, general Arthur Costa Moura, presidirá as duas solenidades.

Os generais Arthur Costa Moura e Heber Garcia Portella (Fotos: Fernando Machado)

Recepção pelo Dia do Exercito

General Arthur Costa Moura e Claudia (Foto: Fernando Machado)

Glaucia e o general Nilson Ananias (Foto: Fernando Machado)

Depois da bonita cerimonia militar no Pátio Pátria Brasil, por conta do Dia do Exercito, o comandante do Comando Militar do Nordeste, general Arthur Costa Moura ao lado de sua esposa, Claudia, ofereceu um coquetel em torno dos agraciados e convidados, no pátio interno do Quartel General do CMNE. O bufê foi grifado pelo pessoal que cuida do refeitório daquela unidade militar, tendo à frente o capitão Anselmo Alves e a nutricionista Amanda Bandeira.

General Francisco Humberto Montenegro e Ana Raquel (Foto: Fernando Machado)

General Fernando Ferreira e Zenyr (Foto: Fernando Machado)

O Ministro da Defesa, Raul Jungmann, também participou da recepção e depois seguiu até a Itália, conforma já escrevemos ontem. Na quinta-feira, Raul segue até a Rússia para contatos da sua pasta. O ministro conversou muito com os comandantes do Exercito, Aeronáutica e Marinha. O ministro da Defesa degustou o frango aos quatro queijos. Um conjunto formado por músicos da Banda do Exercito fez o fundo musical.

Coronel José Antônio de Sá e Pollyanna (Foto: Fernando Machado)

Os comandantes Marcos Valle, Marcelo Petrelli e Rui Gama (Foto: Fernando Machado)

O cardápio dos mais elogiados constou de casquinho de gorgnzola, pêra ao vinho, mini recheado de tomate cereja e molho festo, canapé de camarão picante, tartalete de caponata, casquinho de siri, tartalete de bacalhau, mini quiches de Lorraine, tomate seco e espinafre com ricota; crespinho de cebola e Cheddar, folhado de tomate seco, frango aos quatro queijos escondidinho de charque e crepes.

O comandante Cleito Vaz e Tania (Foto: Fernando Machado)

Coronel Edson Gomes dos Santos sempre um gentleman (Foto: Fernando Machado)

Dia do Exército 2017

O general Arthur Mura e o ministro Raul Jungmann (Foto: Fernando Machado)

As senhoras Gláucia Ananias e Claudia Moura (Foto: Fernando Machado)

O Comando Militar do Nordeste, leia-se o comandante general Arthur Costa Moura, encerrou as comemorações da Semana do Exército 2017 com uma belíssima solenidade militar, quarta-feira, no final da tarde, em seu  Quartel-General, no Curado. O local é um verdadeiro santuário da Mata Atlântica onde repousam árvores centenárias, e vivem alguns animais em extinção. Alguns pássaros ainda tiveram tempo sobrevoarem sobre o Pátio Pátria Brasil, onde aconteceu a solenidade.

O brigadeiro Luiz Fernando Aguiar e sua Teresinha (Foto: Fernando Machado)

A cerimônia atrasou mais de uma hora, por conta do Ministro da Defesa, Raul Jungmann, que estava em Brasília participando da cerimônia do Dia do Exercito. A propósito, ele logo depois seguiu para a Itália onde na próxima terça-feira participará da solenidade libertação da Itália dos nazistas. A nossa Força Expedicionária Brasileira marcou presença, e que presença, nesta ação. Uma bandeira do Brasil enorme cobria parte do prédio do QG do CMNE.

O desembargador Frederico Neves e Márcia (Foto: Fernando Machado)

A lua quarto minguante surgia quando os locutores oficiais o major Allan e a tenente Caroline deram inicio a bela cerimônia. O Dia do Exército é comemorado em 19 de abril, em que tropas compostas pelas etnias que formaram a Nação Brasileira, o branco europeu, o índio nativo e negro africano lutaram e venceram os invasores holandeses, em 1648, no Monte Guararapes, firmando com sangue a base do que hoje conhecemos como Pátria.

O general José Luiz Jaborandy e Ana Lucia (Foto: Fernando Machado)

As solenidades militares sempre são bonitas e com um toque de pompa e circunstância, e a do Dia do Exercito não poderia ser diferente. A Banda Musica do Exercito sob a regência do tenente Aldair Geraldo deu um show na execução das marchas e dobrados militares. A tropa estava composta de 500 homens, formada por vários pelotões. Nesta parada militar fizeram uma evolução diferente dos anos anteriores, por sinal espetacular. Metade veio pelo lado direito e a outra metade pelo lado esquerdo.

As senhoras Cintia Paixão, Heloisa Jobim Smolentzov e Zenyr Ferreira (Foto: Fernando Machado)

Um momento emocionante foi quando a Banda de Musica tocou a Canção do Exercito, acompanhado por um coral de 700 vozes. Ao som da Conquista do Paraíso, aconteceu a entrega da Medalha da Ordem do Mérito Militar para o brigadeiro Luiz Fernando Aguiar, o desembargador Frederico Neves, o coronel Evandro Shneider, o engenheiro Adilson CB da Cunha, o professor Francisco das Chagas da Costa, os capitães José dos Santos Neto e Jailton Pereira.

Os generais Marcelo Aguiar e Szelbracikowski (Foto: Fernando Machado)

Ainda os tenentes Antônio da Silva Neto, Jader Jorge Coronel, Joelson Gonçalves da Silva, Edson Daniel de Assis, Carlos José de Santana e Paulo José Procópio. Tendo fundo musical o dobrado 220, foi entregue a Medalha do Exercito Brasileiro para o Coronel da PMPE Eduardo José Pereira da Silva, coronel CBMPE Manoel Francisco de Oliveira Cunha Filho, superintendente Regional da ABIN–PE Edimar Costa de Melo, os senhores José Venâncio Neto, Edir Pinto Peres, Eduardo Sobral da Costa e Ricardo da Silva Campos.

Generais Heber Garcia Portella e Severino Paixão (Foto: Fernando Machado)

Coube ao general Moura ler a Ordem do Dia do Comandante do Exercito Eduardo Villas Boas. O speech irrepreensível e com muitos recados. “Vivemos um tempo, no entanto, em que a coincidência de crises extensas e profundas trazem risco inédito aos sonhos de Guararapes. Apesar dos esforços dos Governos, o colapso da segurança pública nos cobra dezenas de milhares de vidas por ano; a aguda crise moral, expressa em incontáveis escândalos de corrupção, nos compromete o futuro; a ineficiência nos retarda o crescimento;…”

General Jaborandy, Ministro Raul Jungmann, brigadeiro Luiz Aguiar, general Nilson Ananias e o general Moura (Foto: CMNE)

E prossegue: “a ausência, em cada um de nós, brasileiros, de um mínimo de disciplina social, indispensável à convivência civilizada; e uma irresponsável aversão ao exercício da autoridade oferecem campo fértil ao comportamento transgressor e à intolerância desagregadora. Nossa gente não é assim e não merece isso! Não há atalhos fora da Constituição! O caminho a ser seguido requer a sinergia de todos. O Exército de ontem, de hoje e de sempre olha para o futuro, transformando-se com seus Projetos Estratégicos, como o Sistema Integrado de Vigilância de Fronteiras”.

Comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Oliveira Cunha (Foto: Fernando Machado)

E finaliza: “O País, seu povo e seu Exército não sucumbirão ao pessimismo e à desagregação. Somos feitos da mesma têmpera! Unamo-nos todos, portanto, tal como nos conclama a Canção dos Cadetes, da Academia Militar das Agulhas Negras: “Irmãos brasileiros formai entre nós. Brasileiros sois todos vós!”. Gostei da fala do general Villas Boas. E encerrando o Minisitro da Defesa Raul Jungman, fez seu pronunciamento recordando o Ministro do Exercito, general pernambucano Zenildo Zoroasto de Lucena (1930/2017) e o sociólogo Gilberto Freyre(1900/1987).

O executivo Miguel Vita Filho (Foto: Fernando Machado)

Ao som do Hino de Guararapes, e o dobrado Fibra de Heróis, foi encerrada a cerimônia com o desfile da tropa formada por soldados do Comando da Tropa, Guarda-Bandeira (composta pela Bandeira Nacional e pelo estandarte histórico do CMNE); os grupamentos de Bandeiras Históricas; de Insígnias de Organizações Militares do CMNE; do Comando do CMNE; da 7ª Região Militar; da 10ª Brigada de Infantaria Motorizada; do 4º Batalhão de Policia do Exercito; do 4º Batalhão de Comunicação, da II Companhia de Guarda e Batalhão de Infantaria da Caatinga, além de um pelotão do Colégio Militar do Recife. Amanhã escreveremos sobre a recepção.

O pelotão do Colégio Militar do Recife (Foto: Fernando Machado)

O Batalhão de Infantaria da Caatinga (Foto: CMNE)