Fernando Machado

Blog

Categoria Nos bastidores da Política

Uma comitiva nada santa

A Santa Dulce dos Pobres deve está muito triste, porque uma comitiva, cerca de 40 parlamentares e esposas, foi até o Vaticano para sua canonização, com tudo pago pelo erário público. Em outras palavras com o nosso dinheiro. Uns foram pelos aviões da FAB, e os outros em aviões de carreira. Na comitiva estão o vice-presidente Hamilton Mourão e dona Ana Paula, o presidente do Senado Davi Alcolumbre e Liana e o presidente da Câmara Rodrigo Maia e Patrícia. O presidente do Supremo ministro Dias Toffoli, o ministro Luiz Henrique Mandetta, o procurador geral da Republica, Augusto Aras, e pasmem o ex-presidente José Sarney e a primeira-dama de Goiás, Maria das Graças Caiado por ser baiana.

Esse era um fiel que a Santa Dulce dos Pobres gostaria que tivesse sido convidado (Foto: Divulgação)

Também fazem parte os senadores Jaques Wagner (PT-BA), José Serra (PSDB-SP), Weverton (PDT-MA), Roberto Rocha (PSDB-MA), Elmano Férrer (Podemos-PI), Ciro Nogueira (PP-PI) e Angelo Coronel (PSD-BA), os deputados federais André Fufuca (PP-MA), Celio Studart (PV-CE) Elmar Nascimento (DEM-BA) José Rocha (PL-BA), Daniel Almeida (PCdoB-BA), Adolfo Viana (PSDB-BA), Arthur Oliveira Maia (DEM-BA), Eduardo da Fonte (PP-PE), Flávio Nogueira (PDT-PI), Leur Lomanto Júnior (DEM-BA), Nelson Pellegrino (PT-BA), Augusto Coutinho (Solidariedade/PE) e Paulo Azi (DEM/BA). E para completar a lista Alexandre Baldy secretário de Transportes Metropolitanos de São Paulo.

I Fórum de Conservadores do Nordeste

Alexandre Carvalho, Cácio Castro e Themistocles Gomes estão coordenando o I Fórum de Conservadores do Nordeste, que deverá contar com a presença do presidente Jair Bolsonaro. O evento deverá ocorrer nos dias 7 e 8 de novembro no Recife, ainda não lugar definido. O Presidente Bolsonaro vai proferir a Conferência Magna de Abertura do encontro. O Fórum vem despertando a atenção de todo o Brasil, pois seu tema é oportuno e de ampla dimensão: Muda Nordeste.

Vamos ter conferências de extrema importância sobre vários temas como Oportunidades de melhoria nas condições econômicas e educacionais da região; Reforma Tributária; Entendendo a transformação social do Grammicismo; Família, base da sociedade; Latifundiário e Meio Ambiente; Movimentos Sociais; Tecnologias e Redes Sociais.

Uma Mulher Vestida de Silencio

José Carlos Barros Carvalho trabalhava no gabinete da Presidência da Republica em 1963, e o líder iugoslavo Josip Broz Tito visitou o Brasil. Quando o presidente João Goulart (1918/1976) e a primeira dama Maria Thereza Goulart entraram no salão, ela fascinante, com um vestido salmão bordado e um casacão de mesmo tom. Ela própria consideraria esse um dos mais belos vestidos feitos grifados por Dener.

Barros Carvalho confere essa história e todos seus detalhes (Foto: Divulgação)

Então Tito ao vê-la e frisou: “Que mulher! Por ela, eu faria uma revolução”.  Esse momento e outros o então chefe de Gabinete do presidente João Goulart, José Carlos Barros Carvalho, pôde recordar ao receber o livro biográfico Uma Mulher Vestida de Silencio, escrito por William Wagner, com uma belíssima dedicatória, de Dona Maria Thereza.

Choveu protesto na Avenida Boa Viagem.

Uma imensa bandeira do Brasil foi carregada pelos manifestantes (Foto: Instagram)

Apesar das chuvas, cerca de 10 mil manifestantes usando camisas verde e amarela, invadiram, ontem à tarde, a Avenida Boa Viagem, para protestar contra a Lei de Abuso de Autoridade, os Ministros do Supremo Tribunal Federal, reivindicando o impeachment do presidente Dias Toffoli. Num carro surgiram os 11 ministros do STF, levando num caixão a Lava Jato e noutro tinha Lula e Haddad presos. Muita gente empunhavam cartazes muito criativos contra os bandidos do Congresso e da Corte.

As bandeiras  da nossa pátria deram o toque de patriotismo (Foto: Instagram)

Segundo Alexandre Carvalho, a pauta foi extensa. Porém, destacando o posicionamento contra a lei de abuso de autoridade, apoio a Lava Jato, ao ministro Sérgio Moro e, claro, ao presidente Bolsonaro. Também foi pedido o impeachment de Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Alexandre de Moraes e Ricardo Lewandovisck. Críticas ao governo Paulo Câmara. Essas manifestações mexem com os brios das pessoas sérias. Tivemos a oração do Padre Nosso e a execução dos hinos de Pernambuco e do Brasil