Fernando Machado

Blog

Categoria Corpo Consular

Mostra de Cinema Japonês

Uma Centelha da Vida (Foto: Divulgação)

Hoje, às 18h30, na Sala Multimidia da Caixa Cultural Recife, temos a exibição do filme Uma Centelha da Vida, dirigido por Bunji Sotoyama pela Mostra de Cinema Japonês. Amanhã, às 13h30, ele será exibido novamente. Amanhã, às 15h10, temos a exibição do filme Asahi Vancouver, dirigido por Yuya Ishii e às 13h30, será exibido novamente.

A atriz Mitsuko Baishô em Minha Vida em Canção (Foto: Divulgação)

Sábado, às 17h40, temos a exibição do filme Minha Vida em Canção, de Nobuo Mizuta. Domingo, às 12h40, temos sua reprise. Domingo, às 15h, temos a exibição do filme Uma Promessa Viva, dirigido por Kan Ishibashi. A mostra é uma promoção do Consulado Geral do Japão, leia-se o diplomata Jiro Maruhashi.

Japão & Dimensão

Noemi Schiffer, Antonio Curti e Takami Nakamoto (Foto: Alexandre Virgílio)

O presidente da Japan House São Paulo, Marcelo Mattos Araújo (Foto: Bruno Poletti)

Segunda-feira, a Japan House São Paulo movimentou coquetel em torno da abertura da exposição  Dimensão, que fica em cartaz até dia 6 de janeiro de 2019, sobre arte imersiva e tecnologia. O evento contou com uma performance especial dos artistas duo Nonotak, Takami Nakamoto e Noemi Schipfer, tocando as músicas que compõem a exposição junto às instalações imersivas. Foi também a primeira aparição de Marcelo Mattos Araujo como novo presidente da Japan House São Paulo.

O cônsul do Japão Yasushi Noguchi (Foto: Bruno Poletti)

Alê Tutundjian e Guto Requena (Foto: Alexandre Virgílio)

Entre as presenças destacamos o cônsul do Japão em São Paulo, Yasushi Noguchi. A mostra, que tem assinatura do duo Nonotak Studio e curadoria da The Force, apresenta instalações imersivas, obras cinéticas e luminosas, além de trilha sonora própria, propondo uma experiência que subverte as noções de tecnologia e arquitetura por um viés poético e contemporâneo. O Nonotak Studio é um projeto colaborativo fundado pelo arquiteto e músico japonês Takami Nakamoto e a ilustradora Noemi Schipfer.

Felipe Bruno (Foto: Alexandre Virgílio)

Rubens Ricupero e Ricardo Roza (Foto: Alexandre Virgílio)

Parabéns, Alemanha!

O Centro Cultural Cais do Sertão, no Cais do Porto, foi palco da comemoração do Dia da Unidade Alemã, assim como dos 150 anos da inauguração do Consulado Geral da Alemanha no Recife, apesar da data nacional ser comemorada no dia 3 de outubro. Do primeiro cônsul geral Wilhelm Otto a atual cônsul geral Maria Köenning de Siqueira Regueira, aliás a primeira mulher assumir o posto, muita coisa aconteceu nesta representação.

Maria Könning e Roberto de Siqueira Regueira (Foto: Fernando Machado)

Antenor Soares Junior e Ana Karina (Foto: Fernando Machado)

Por exemplo, quando o cônsul geral era Peter Bratker, fui convidado pelo Governo Alemão, para conhecer a Feira de Livros de Frankfurt. Nunca pude esquecer os 14 dias que por lá passei, entre 11 e 25 outubro de 1989. Quase assisti a queda do Muro de Berlim, que aconteceu no dia 9 de novembro de 1989, uma semana depois que tinha voltado para o Recife. Eu sempre gosto de citar: Recordar é Viver.

Ana Laura e Guido Stütz (Foto: Fernando Machado)

Sheila Wanderley (Foto: Fernando Machado)

Mas vamos voltar à recepção. A cônsul geral Maria Köenning de Siqueira Regueira em grande noite num modelo da grifa italiana Max Mara, e o seu marido Roberto Regueira, foram bons anfitriões. O mestre de cerimônia foi Bernardo Filho que convidou o Quarteto de Corda do Conservatório Pernambucano de Musica para executar os hinos do Brasil e da Alemanha. Na seqüência o host convidou a cônsul geral alemã, Maria Köenning de Siqueira Regueira, para fazer sua saudação.

Eduardo Jatobá, John Barrett e Felipe Galoro (Foto: Fernando Machado)

Marco Ferreira de Melo e Yan Yuqing (Foto: Fernando Machado)

Fez um discurso bonito e recheado de história e homenageou o alemão Conde Mauricio de Nassau (1604/1679), que deixou sua marca no Recife. Também falou o secretário de Educação do Estado, Fred Amâncio. Não esquecer que os recepcionistas na festa foram alunos das escolas públicas do Estado que fizeram curso na terra do compositor Ludwig van Beethoven (1770/1827).

Fred Amâncio e Roseane Hazin (Foto: Fernando Machado)

Cristina Heuseler, Juliana e Mauricio Bravo (Foto: Fernando Machado)

Quando pensei que não seria tocado o belíssimo Hino da Comunidade Europeia, para quem não sabe é a 9ª Sinfonia de Beethoven, sobe ao palco o musico Christian Magnusson, do quinteto de jazz Conexão, que fez um solo numa transcrição para clarinete. Depois os demais músicos da banda Conexão deram um show. O grupo é muito bom.

Antonella Arcuri e Carlos Eduardo da Costa Oliveira (Foto: Fernando Machado)

Jeanne de Larrard, Fabio Clerici, Romain Louvet e Elodie Clerici (Foto: Fernando Machado)

Na seqüência foi servido um jantar assinado pelo chef Cícero, do Fiordes Buffet. No cardápio saladas com folhas nobres e frutas ao molho de iogurte com hortelã, cuscuz marroquino, risoto alemão, steak de robalo com camarão ao molho de palmito pupunha guarnecido com farofa de banana da terra, escalope de filé ao molho de mostarda e batatas bravas, e ravioli de fondue de queijos ao molho pomodoro.

Renato Cunha, Nina Moraes e Carlos Alberto Asfora (Foto: Fernando Machado)

Alejandro Funes Lastra e Maria Könning de Siqueira Regueira (Foto: Fernando Machado)

Para sobremesa mini mousse de limão com frutas brasileiras cozidas com champanha e sorvete de creme, além de apfelstrudel. Tudo isso regado com espumante Durbacher Kochberg, vinho branco também alemão e vinho tinto francês côtes Du Rhône e uísque John Walker Red.

Roberta Jungmann, Marcos Vinicius dos Santos e Patricia Raposo (Foto: Fernando Machado)

O chef Cícero do Fiordes Buffet (Foto: Fernando Machado)

Informação importante: Foram dois anos de negociações, mas no dia 1º de agosto de 1975, os países assinaram a Ata de Helsinque, que garantiram à inviolabilidade de suas fronteiras, a integridade territorial, a resolução pacífica de disputas, a não-intromissão em questões internas, a renúncia ao uso da violência, a igualdade soberana, a igualdade de direitos e a autodeterminação dos povos e o respeito aos direitos humanos, incluindo as liberdades de pensamento, consciência, religião e convicção.

Juliana Maia, Cidcley Alves e Fernando Wanderley (Foto: Fernando Machado)

Diogo Braga e Mário Costa (Foto: Fernando Machado)

Muro de Berlim (Berliner Mauer) era uma barreira física construída pela República Democrática Alemã durante a Guerra Fria, que circundava toda a Berlim Ocidental, separando-a da Alemanha Oriental (socialista). Construído na madrugada de 13 de agosto de 1961, o muro era patrulhado por militares da Alemanha Oriental Socialista com ordens de atirar para matar, a célebre Schießbefehl ou Ordem 101, quem tentassem fugir. A queda do Muro de Berlim abriu o caminho para a reunificação alemã formalmente celebrada no dia 3 de outubro de 1990.

Parabéns, República da China!

Yan Yuqing e Antonio Mário de Abreu Pinto (Foto: Fernando Machado)

Quinta-feira, o Salão Joaquim Nabuco, do Sheraton Reserva do Paiva, leia-se o gerente geral Guido Stütz, aconteceu as comemoração dos 79 anos da Republica Popular da China. No comando da maravilhosa reunião estava a cônsul geral da China, Yan Yuqing, em grande noite num modelo made in China. A decoração que estava bonita foi grifada por Anderson Barbosa. No local o vermelho imperou, assim como balões também vermelhos. Como contraponto rosas e plantas veres.

Ana Laura e Guido Stütz (Foto: Fernando Machado)

A hostess foi de Luiza Gross que pediu aos 300 convidados atenções para a execução dos hinos Nacionais do Brasil e da China, executados pela Orquestra Criança Cidadã. Tivemos dois discursos o da diplomata chinesa que falou em chinês claro e deu uma pitadinha de português. Depois falou o secretário de Desenvolvimento Econômico Antônio Mário Abreu Pinto, em nome do governo do Estado. Depois Yan Yuqing fez um brinde pela data.

Os cônsules gerais John Barrett, Alejandro Funes Lastra e Maria Köenning de Siqueira Regueira(Foto: Fernando Machado)

O bufê foi grifado pelo Chef Fernando Fonseca, era de se comer de joelhos para os Santos Cosme e Damião. No Cardápio tínhamos no bufê frio salada bar (alface americana, lisa, cenoura ralada, beterraba ralada, pepino e tomate), salada de atum grão, cebola roxa, abacaxi grelhado e tomate seco; salada alemã de batata com aneto e mostarda; salada de frango defumado, abacate e cogumelos.

Eduardo de Lemos Filho à côté Ana Amelia (Foto: Fernando Machado)

Ainda salada de camarão com batata doce e abacaxi e salada de rúcula tomate seco, e mussarela de búfala. No bufê quente salmão grelhado com molho de mostarda, moqueca de frutos do mar, supremo de frango recheado de espinafre e requeijão ao molho de açafrão e maminha assada com flor de sal, piso de coentro e alho e azeite virgem.

Gustavo Veiga e Tony Kuo (Foto: Fernando Machado)

E finalmente arroz de manteiga, sortidos de legumes ao vapor com manteiga de ervas frescas, rotoloni de queijo e presunto com tomate e manjericão e arroz Biro Biro. Para sobremesas pastel de nata, quindim de coco, cheesecake de frutas vermelhas, pudim de leite, torta de chocolate, mousse de manga e frutas frescas fatiadas.

Jader Lemos e Pietro Duarte (Foto: Fernando Machado)