Fernando Machado

Blog

Categoria Corpo Consular

Jovens Embaixadores

Foto oficial dos jovens embaixadores (Foto: Embaixada dos EUA)

Cinquenta alunos do ensino médio da rede pública de todas as partes do Brasil retornarão dos Estados Unidos, no próximo domingo, após participarem do XVII Programa Jovens Embaixadores. Eles viajaram até os EUA no dia 11 de janeiro, onde passaram três semanas engajados em atividades de voluntariado e projetos sociais, participaram de reuniões com autoridades do governo dos EUA e líderes de ONGs e ficaram imersos no dia-a-dia da cultura do povo norte-americano e na rotina das escolas públicas. Também fizeram apresentações sobre o Brasil e seus estados de origem.

A bandeira do Brasil é mostrada com orgulho pelos jovens embaixadores (Foto: Embaixada dos EUA)

Os Jovens Embaixadores iniciaram sua jornada pela capital dos EUA, Washington, D.C. e, em grupos menores, viajaram para diferentes cidades norte-americanas onde ficaram hospedados em casas de famílias voluntárias. No final do programa, eles apresentaram um plano de ação na área de justiça social e voluntariado que será implementado em suas comunidades após o retorno ao Brasil. O programa Jovens Embaixadores é patrocinado pela Missão Diplomática dos EUA e parceiros públicos e privados. Desde 2003, 622 jovens brasileiros já participaram do programa. De Pernambuco participaram Julianny Araújo, Karlle Santos e Maria Eugênia Alves e Silva. 

Agora é tempo de voltar (Foto: Embaixada dos EUA)

Recife festeja o Ano Novo Chinês

O Ano Novo Chinês (Chun Jié Kuaì lè) foi comemorado quinta-feira na Arcádia de Boa Viagem, sob o comando da cônsul geral da China, Yan Yuqing. Paralelamente tivemos duas exposições de fotografias (Construção do Cinturão e Rota e de Imigrantes Chineses e a 40º aniversário da Reforma e da abertura da China). Yan Yuqing, em grande noite num qipao, traje tradicional do seu país, recebia os convidados.

Chen Lili e Yan Yuqing (Foto: Fernando Machado)

O cônsul geral do Japão Jiro Maruhashi (Foto: Fernando Machado)

Luiza Gross comandou o cerimonial com direito a três falas. A da diplomata chinesa muito bonita enaltecendo as culturas chinesas e pernambucanas. Após as falas a Orquestra Criança Cidadã e o Maestro Spok tocaram dois frevos: Último Regresso de Livino Ferreira e Folião Ausente de Sivuca. Um grupo de passistas fez evoluções do nosso ritmo. Uma pena que o hino do nosso carnaval, Vassourinhas, foi esquecido.

Alberto Ferreira da Costa e Carmen (Foto: Fernando Machado)

Ana Alice e Marcelo Guerra (Foto: Fernando Machado)

Também tivemos um coral, de 20 vozes, à frente a cônsul geral Yan Yuqing, cantando a musica Grande China. A decoração foi assinada por de Anderson Barbosa que usou e abusou do vermelho. Muitas lanternas caiam do teto. Na entrada um canteiro de gérberas e boca de leão nas cores amarela e laranja. Um dos destaques foi a presença do deus da prosperidade, Caishen.

Antonio Mario Pinto e Clotilde (Foto: Fernando Machado)

Marcos Dubeux e Maria Clara (Foto: Fernando Machado)

Muita gente fez questão de fazer selfies com ele e depois recebiam um envelope da sorte. Um sucesso. A chefe do escritório da Agencia Xinhua, agencia de noticias oficial da China para a América Latina, a jornalista Zhao Yan, foi uma presença muito festejada. Realmente a cônsul geral da China, Yan Yuqing, está revolucionando o Corpo Consular de Pernambuco.

A jornalista Zhao Yan (Foto: Fernando Machado)

O secretário de turismo de Goiana Roberto Pereira e o Maestro Spok (Foto: Fernando Machado)

O jantar foi de se comer rezando para o Senhor do Bonfim teve pratos brasileiros e pratos chineses. O chef Wen Gongshi colocou no cardápio chao fan (arroz frito), chao mifen (macarrão de arroz frito), qing tang yu wan (sopa de bolinhas de peixe), meicai kou rou (porco no vapor) e tangyuan (doces bolinhas de arroz coloridas). Na ilha de saladas tinha de buquê de folhas nobres com frutas.

Lai Lifang, Luiza Gloss, Caishen, Zhang Re (Foto: Fernando Machado)

Gisela e Teresa Latache, Heldio e Mercia Villar (Foto: Fernando Machado)

Ainda queijos em cubos, molho mostarda com hortelã; salada italiana com massa colorida, tomate seco, cubos de queijos e azeitonas temperadas; trilogia de folhas com salada de grãos temperados no azeite de ervas, salada de camarão com batatas temperadas ao azeite e salsa. Na ilha de pratos quentes moqueca de peixe, rotolone com recheio de queijo, filé de frango com batatas douradas, filé mignon com legumes grelhados, abacaxi caramelado, cebola no mel, e molho demi-glacê, acompanhado de arroz vom castanha..

Réveillon no Japão

Quando chega o Réveillon, os japoneses também têm suas “mandingas” pra o ano bom. A ideia de atrair energias positivas começa pela decoração. Bonequinhos e outros enfeites feitos de palha de arroz são colocados nas portas das casas, de preferência com dizeres que atraiam coisas boas como sorte, dinheiro e saúde. E por falar em arroz, o grão, que já chegou a ser usado como moeda para pagamento de impostos, não pode faltar à mesa. Entre 25 e 27 de janeiro, no Riocentro vai acontecer o Festival de Cultura Japonesa.

Os pratos típicos desta época são o Ozoni, uma sopa servida com bolinho de arroz que, de acordo com a tradição, traz sorte a quem saboreá-la no 1º de janeiro. Há também o Motitsuki, um ritual especial para cozinhar o moti (bolinho de arroz). São necessários no mínimo três homens para preparar o prato. Esta virada vai ser ainda mais especial para os japoneses já que o imperador Akihito abdicou do trono e terá início uma nova era. Do ano 30 da era Heisei, o Japão reiniciará a contagem a partir do zero, com o novo imperador Naruhito que assume em Abril de 2019.

Kanpai, Imperador Akihito!

Luiza Nogueira, Jiro Maruhashi e Raul Henry (Foto: Fernando Machado)

Quarta-feira, tivemos no Salão Cícero Dias, do Mar Hotel, em Boa Viagem, a comemoração da Data Nacional do Japão, ou seja dia do aniversário do Imperador é comemorada no dia do aniversário do Imperador Akihito, ou seja 23 de dezembro. Ao que tudo indica deverá ser o último festejo, pois em maio ele deverá renunciar e passara o trono para o príncipe Naruhito. Como o aniversário dele é 23 de fevereiro, no próximo ano ainda será festejado em dezembro. Então a partir de 2020 a data Nacional do Japão será comemorada em fevereiro.

Gabriel e Lúcia Bacelar (Foto: Fernando Machado)

O cônsul geral Jiro Maruhashi e o maestro Ademir Araujo (Foto: Fernando Machado)

O cônsul geral Jiro Maruhashi está de parabéns pela bonita recepção, por sinal a primeira como cônsul geral, pois no ano passado ele era cônsul. A decoração estava lindíssima com arranjos de ikebana por vários recantos do espaço. A eficiente secretária do consulado Emi Sukarara foi a Mestre de Cerimônia da festa. Primeiro tivemos a execução dos hinos do Brasil, interpretado por Lika Kawano e o do Japão, cantado por Manae Kopana e Mizuki Takahashi. O acompanhamento foi com recurso sonoro e perfeito, parecia uma orquestra de verdade.

vice-cônsul Darwin Fuentes, a cônsul Sonia Rossel da Venezuela e Jiro Maruhashi (Foto: Fernando Machado)

A cônsul geral da Alemanha Maria Köenning de Siqueira Regueira e o marido Roberto Siqueira Regueira (Foto: Fernando Machado)

Depois tivemos a fala do futuro cônsul geral Jiro Maruhashi, que falou sobre a cultura do seu país e a amizade entre o Brasil e o Japão, inclusive lembrou que com o novo presidente Jair Bolsonaro as relações diplomáticas continuarão com a mesma intensidade, ou melhor, digo eu. Na seqüência aconteceu um brinde compartilhado pelos 300 convidados. E encerrou erguendo uma taça de saquê, celebrando os 85 anos do Imperador. Jiro Mauhashi chamou até o tablado montado, intercalado pelas bandeiras do Brasil e do Japão, a jogadora de futebol nipônica Kirara Fujio, que passou dois anos treinando no Sport Club do Recife. Kirara retornou sexta-feira para Tóquio, e deve ser convocada para na seleção do seu país.

O general Heber Portella e Maristela com a diretora do Hospital Naval Cristina Heuseler (Foto: Fernando Machado)

O diretor da Escola de Aprendizes de Marinheiros Omar Salles Almeida e Carolina (Foto: Fernando Machado)

O bufê foi assinado pelo chef Taró Matsumoto e estava de a gente de joelhos. O cardápio constou de Kimpirá Gobo com hijiki, Nambamzuke com berinjela frita e pimenta doce, Salada Harusame com wakame fresco e goma, Dashi tamagoyaki, Hana nirá refogado, Barazushi com mini shitake, gobo, kamaboko e kizami kombu, arroz de matsutake com shitake e amendoim, mini oniguiri com matchá.  Ainda gomá e furikake, yakizakana (katsuo) com molho cítrico de nabo, gengibre e pepino, lombo de porco grelhado com sweet chili, tempura de batata doce e abacaxi. Não se esquecer da mesa de sushi e sashimi que os convidados partiram para cima e não sobrou nada.

A executiva Sheila Wanderley (Foto: Fernando Machado)