Fernando Machado

Blog

Categoria Corpo Consular

Um instante Maestro

Amanhã, às 19h, no Teatro de Santa Isabel, vamos ter um recital do violoncelista italiano, Pierluigi Ruggiero, com o apoio do Consulado da Itália. Ele já tocou em festivais com direção de maestros como G. Sinopoli, C. M. Giulini e R. Muti; venceu concurso em seu país em 1996 e em 2001 foi o único italiano a ganhar uma bolsa de estudos na Academia Liszt de violoncelo da Universidade de Budapeste.

O celista italiano Pierluigi Ruggiero novamente no Recife (Foto: Divulgação)

Ao seu lado estarão a pianista Liliana Michesen e o maestro Lines Lerner. No programa Camille Saint-Saens (1835/1921), Gabriel Fauré (1845/1924|), Felix Mandelssohn (1809/1847), Jacques Offenbach (1819/1890), Severio Mercadante (1795/1870), Heitor Villa-Lobos (1887/1959), Gaetano Braga (1829/1907) e Astor Piazzolla (1921/1992). Para quem gosta de música erudita é uma excelente opção.

Para a comendadeira Yoshie Wakiyama

Ontem, o cônsul geral do Japão no Nordeste, Jiro Maruhashi, movimentou almoço no seu apartamento da Avenida Boa Viagem, em torno da entrega da comenda Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro e Prata, oferecida pelo Governo do Japão à Senhora Yoshie Wakiyama, que sempre divulgou a arte do ikebana (arranjo de flor), no Nordeste durante muito tempo. Participaram do petit comité, além da comendadeira Yoshie Wakiyama, a presidente da Associação de Ikebana de Pernambuco Cristina Freimuth, a tesoureira Sakura Yamashina, as professoras Tomiko Matsumoto e Akie Hamamoto e a jornalista Jô Mazzarolo.

 

O cônsul Jiro Maruhashi entre Jô, Cristina, Yoshie, Sakura, Tomigo e Akie (Foto: Satoko Nakamura​)

O cardápio, assinado pelo chef Masaharu Maruyama, constou de lâminas de cioba tratadas com kombu (alga marinha que dá umami sabor especial​) e salada com gobo (bardana) frita; sopa de peixe garoupa cozinhada em vapor com nabo e macaxeira; sushi combinado, incluindo nigiri (bolinho de arroz avinagrado) com flor e folha de cereja em conserva. Para sobremesa frutas da época, pudim com sorvete de matcha (chá verde) e daifuku (mochi – bolinho de massa de arroz glutinoso) recheado com batata doce e feijão branco.

Esquinas do Mundo

Os candidatos em foto oficial para o concurso (Foto: MIE)

No próximo sábado, na Plaza Mayor, em Villanueva de La Jara, Cuenca, será escolhido entre 52 homens, o Mister Internacional Espanha de 2019. O vencedor receberá a faixa do Mister Internacional Espanha de 2018, Jesus Collado. O casting é de a gente suspirar, pois são verdadeiros colírios para os olhos. Não esquecer que será escolhido o Mister Popularidade, com votos via p link https://www.facebook.com/media/set/….

Mister Teruel, Adrian Valor, pode ser o Mister Internacional Espanha neste sábado (Foto: Concurso)

Cento e onze alunos da rede pública brasileira participam até sexta-feira, do programa de imersão em inglês English Immersion USApatrocinado pela Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil. Nesta décima terceira edição do programa, todos os estados brasileiros e o Distrito Federal estarão representados em Brasília para uma semana totalmente imersa na cultura norte-americana e muito tempo para praticar inglês.

Mister Zaragoza, Pedro Martinez, outro forte candidato ao Mister Internacional Espanha (Foto: Concurso)

Parabéns, Estados Unidos!

A data nacional dos Estados Unidos foi comemorada no Terraço do Shopping Tacaruna, sem dúvida uma novidade. Caso não esteja enganado foi à recepção mais concorrida dos últimos anos, acho que em torno de 350 pessoas. Com o tema Uma Viagem pelo Oeste dos Estados Unidos, no palco um telão enorme exibia paisagens da Califórnia, do Havaí, de Oregon, de Nevada, de Washington e do Arizona. Quando vi a Golden Gate Bridge, suspensa e no estilo art déco, que liga San Francisco a Sausalito, me bateu uma saudade. E voltei ao ano de 1970.

John Barret, Gilberto Freyre Neto e William Popp (Foto: Fernando Machado)

Mike Conklin, Sheila Wanderley, João Alberto e Antonio de Pádua Cavalcanti (Foto: Fernando Machado)

A musica que George C. Cory Jr., Douglas Cross, compuseram em 1962, é linda demais: “De certa forma, os encantos de Paris / Parecem tristemente divertidos / A glória de Roma / Já está ultrapassada / Fiquei terrivelmente só e esquecido em Manhattan / Estou indo para casa, para minha cidade à beira da baia. / Meu coração ficou em São Francisco / Que chama por mim do alto de uma colina / Onde os bondinhos / Sobem até a metade do caminho para as estrelas / A névoa da manhã pode ser fria / Mas eu não ligo! / Meu amor me espera em São Francisco / Acima do mar azul e de sua brisa  / Quando eu chegar, São Francisco / Seu sol dourado brilhará pra mim”.

Ana Laura e Guido Stütz (Foto: Fernando Machado)

Álvaro Dantas e Karla (Foto: Fernando Machado)

Recebendo os convidados estavam dois gentlemen John Barrett, Cônsul Geral dos Estados Unidos no Nordeste e o Encarregado de Negócios da Embaixada dos Estados Unidos em Brasília, William Popp, que está como Embaixador interino. Neste duelo de simplicidade, educação e fidalguia não houve vencedor. A recepção era para comemorar os 243 anos da Independência dos Estados Unidos da América do Norte e estava previsto para acontecer entre 16h30 e 19h30. Todavia passou chegou às 20h30.

O coronel André Ribeiro do CMNE e chefe da Casa Militar do Ceará, Andrade Mendonça (Foto: Fernando Machado)

Eduardo Jatobá e Stuart Beechler (Foto: Fernando Machado)

A hostess Joanna Ferreira, assessora de imprensa do consulado, subiu ao palco para a apresentação dos Hinos do Brasil e dos Estados Unidos, ambos interpretados por Allana Barkokebas e Layssa Araujo (estudantes da rede publica que participaram do programa Ganhe o Mundo). Depois tivemos as falas do diplomata norte-americano, que fez um discurso belíssimo. Fez uma comparação entre o oeste norte-americano e o nordeste brasileiro.   Depois foi a vez do secretario de Cultura, Gilberto Freyre Neto, foi curto e muito mais precioso.

Andy Sellhorn, Walter Benjamim de Medeiros e Mike Conklin (Foto: Fernando Machado)

Mercia e Helcio Villar com Eliane Luna (Foto: Fernando Machado)

E finalmente foi a vez do embaixador em exercício, William Popp. Lembrou que na semana passada tinha participado de 9 comemorações do Independence Day, mas a do Recife tinha um significado especial. Foi na terra do frevo do maracatu surgiu o primeiro consulado dos Estados Unidos na America Latina. Gostei muito também do speech do Mister Popp. O diplomata fala um português excelente.

Hegla e Rubem Prado (Foto: Fernando Machado)

Joanna Ferreira e Daniel Stewart (Foto: Fernando Machado)

Encerrada essa parte protocolar a Back on the Road, subiu ao palco e arrasou seu setlist. Não podemos esquecer o cardápio servido. A chef Danielle Johney serviu avocado toast, mini hambúrgueres com molho chiplote; tacos de frango, carne e peixe; espetos de camarão e abacaxi e croquetes de salmão. A Faculdade de Boa Viagem (Wyden University) serviu mini-donuts e sanduiches de sarne suína, preparados pelos alunos de gastronomia, que tem como professora Isabela Jarock.

Patricia Menge e Fabíola Rios (Foto: Fernando Machado)

Shao Weitong e Shang Siyuan (Foto: Fernando Machado)

A Subway apresentou sanduiches e cookies e o Sheraton Reserva do Paiva, cujo gerente geral é o competente Guido Stütz, serviu tortas de maçã, que estavam de a gente comer rezando para São Pedro, preparadas pelo chef Fernando Fonseca. É bom lembrar que os vinhos e as cervejas artesanais vieram da Califórnia. O uísque foi Jack Daniels. E com tristeza informo que essa foi à penúltima recepção tendo John Barrett como cônsul geral dos Estados Unidos.