Fernando Machado

Blog

Categoria Sociedade

Parabéns, Nadja!

Nadja e José dos Santos (Foto: Fernando Machado)

Nadja e José dos Santos reuniram, ontem, um pequeno grupo de amigos para almoço, no Barbarico, no Pina, em torno do aniversário dela. Foi um encontro descontraído e bom papo. Tivemos três falas: a de Carlos Lucena, a de Carlos Augusto Lira e a de Nadja Gomes Pena dos Santos. Nadja estava em grande tarde numa blusa de voile italiana, colar de coral e brincos também de coral.

Parte do grupo em primeiro plano (Foto: Fernando Machado)

Depois de servido o almoço tivemos os tradicionais parabéns para você cantados por um coral de 23 vozes e na sequencia o corte do bolo de frutas, de a gente comer rezando para Santo Antônio, com decoração de damasco, feito por Nadja. Durante o almoço recebeu telefonema do filho Sérgio e da nora Ambar, do Canadá; da filha Márcia, genro Phelippe e neta Anaïs da França e de Adriana e Ricardo Organhi de São Paulo.

Outra parte do grupo de convidados (Foto: Fernando Machado)

Participaram do encontro Valeria e Romero Cabral, Lourdinha Oliveira e Roberto Nóbrega, Tânia e Fernando Campello, Ana Neide e Carlos Lucena, Beth Ithamar, Carlos Augusto Lira, Carlos Eduardo Cunha Barreto, Claudio Manoel, Cesar Santos, João Fogiliano, Itajaci Pena, Graciema Medeiros, Rita Pena,  Rita Raduenz e Maria José Santos.

Nadja e Lulu Pinheiro que comemora seu aniversário noutra mesa com o marido, Clodoaldo Sampaio,  e amigos (Foto: Fernando Machado)

O Forró do Sete Casuarinas

Germana e Marco Aguiar (Foto: Fernando Machado)

Sábado tivemos no Clube de Campo Sete Casuarinas, em Aldeia, para participar da sua festa junina. Foi uma noitada descontraída e muito animada. A decoração estava linda com muitos balões, bandeiras e até uma fogueira dava um toque bem interiorano ao ambiente. Para as danças tocou a Banda Universal de Lúcio Azevedo.

Solange e Afonso Rodrigues (Foto: Fernando Machado)

A associação tem como presidente Marco Aguiar, na vice-presidência está Afonso Rodrigues e na diretoria social Dinah Pinheiro. Aliás, foi ela quem grifou a decoração. A diretoria está fazendo um excelente gestão. A barraca de milho verde era muito visitada. A canjica e o milho, colhido na propriedade, eram de comer rezando para Santo Antonio, São João e São Pedro.

Genaro e Dinah Pinheiro com Marco Aguiar (Foto: Fernando Machado)

O dancing estava sempre cheio de convidados. Quando a banda tocou “O balão vai subindo / Vem caindo a garoa / O céu é tão lindo / E a noite é tão boa! / São João! São João! / Acende a fogueira / No meu coração / Sonho de papel / A girar na imensidão / Soltei em teu louvor / Um sonho multicor / Ó meu são João!”, fiz uma viagem aos velhos tempos.

Tarciso Calado Filho e Luciano Braun (Foto: Fernando Machado)

As musicas de Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Marinês, Dominguinhos, Genival Lacerda, para citar apenas estes, são de se tirar o chapéu. Quando sai ouvi “O baile lá na roça foi até o sol raiar / A casa tava cheia mal se podia andar / Estava tão gostoso aquele reboliço / Mas é que o sanfoneiro só tocava isso. / De vez em quando alguém vinha pedindo pra mudar / O sanfoneiro ria querendo agradar / Diabo que a sanfona tinha qualquer enguiço / Mas é que o sanfoneiro só tocava isso”.

Luís Henrique Paes Barreto de Alcântara (Foto: Fernando Machado)

Germana e Marco reúnem amigos em Aldeia

Germana Kehrle e Marco Aguiar (Foto: Fernando Machado)

Guilah e Eduardo Aguiar (Foto: Fernando Machado)

Ricardo e Laura Albuquerque (Foto: Fernando Machado)

Os médicos Marco Aguiar e Germana Kehrle reuniram sábado, um pequeno grupo de amigos para ceia junina, na sua casa de campo localizada no Sete Casuarinas clube de campo em Aldeia. Na verdade foi um esquente para a festa junina do clube campo, que Marco é presidente. Amanhã escreveremos sobre o baile no Sete Casuarinas. A residência é linda e teve o projeto do arquiteto Eduardo Aguiar.

Antonio Jordão, Marco Aguiar, Luciano Braun e Tarciso Calado Filho (Foto: Fernando Machado)

Carmen Sofia Sampaio e Artur Sales (Foto: Fernando Machado)

Tereza e Fernando Valadares (Foto: Fernando Machado)

Germana preparou um bufê de a gente comer rezando para Santo Antônio, São João e São Pedro. No cardápio tínhamos bobó de camarão, escondidinho de charque, arrumado de carne de sol, caponata de berinjela, pamonha, canjica, pé-de-moleque, tortas alemã e de chocolate. Outro momento maravilhoso foi o bom papo com os convidados.

Marco Aguiar e as filhas laura e Leticia (Foto: Fernando Machado)

Pedro Adolfo Madeira e Suzana (Foto: Fernando Machado)

Sergio Sales à côté Isabela (Foto: Fernando Machado)

As bodas de Diamante de Marlene e Carlos Antônio

Marlene, padre Caetano e Carlos Antônio (Foto: Fernando Machado)

Marlene by Printing e Carlos Antônio Domingues da Silva by Ricardo Almeida festejaram suas bodas de diamante de casamento com uma missa de ação de graças, na Igreja de Nossa Senhora da Piedade, na Rua do Lima. A cerimônia simples, mas muito bonita foi presidida pelo padre Caetano Pereira Pereira. A igreja foi inaugurada em 4 de setembro de 1905 e a partir de 13 de fevereiro de 1912, teve como primeiro vigário, o Padre Manoel da Silva Ferreira.

Carlos Antônio e Marlene (Foto: Fernando Machado)

Claudia by Reynaldo Lourenço e Mauro Alencar by Giorgio Armani (Foto: Fernando Machado)

Primeiro tivemos o cortejo com os filhos, genro, noras, netos e bisneto, tendo como fundo musical Jesus Alegria dos Homens de Bach. E depois entrou o casal ao som de Primavera das Quatro Estações de Vivaldi. O ministério musical, excelente, foi Maestro Ricardo Farias. A primeira e a segunda leitura foram lidas pelo filho Carlos Antônio e pela neta Beatriz respectivamente.

Carlinhos e Renata Domingues (Foto: Fernando Machado)

Flávio Domingues com a filha Helena e o futuro genro Guilherme Menezes (Foto: Fernando Machado)

A homilia do Padre Caetano foi muito bonita e com recheio de descontração. Marlene e Carlos Antônio saíram do templo, com destino ao Armazém Blu’Nelle, onde teve a recepção, ao som da Pequena Serenata Noturna de Mozart. O cerimonial foi da Trevo de Josie Campello. Por sinal muito competente. A Blu’Nelle teve uma decoração da realizada pela Kato. A animação ficou com conta do DJ Magal.

Taciano e Beth Domingues (Foto: Fernando Machado)

Claudia Alencar, Miriam e Edyr Azevedo de Melo com Marlene Domingues (Foto: Fernando Machado)

O cardápio foi grifado pelo chef Wellington Correia e constou de lichia com creme de framboesa n acama de amêndoas, mini cuscuz paulista com camarão, folhadinho Philadelphia, mini quiche de cordeiro com geleira de menta, triangulo folhado de bacalhau com oliva negra, cone de queijos finos com geleia de pimenta, cestinha de gruyere ao perfume de canela, ninho de filé com alho poro e mostarda Dijon.

Célia Gomes e Ângela Souza (Foto: Fernando Machado)

Fabiana e Ricardo Melo (Foto: Fernando Machado)

Ainda camarão crocante ao molho de rapadura, rolhinho de pato com molho de damasco, musseline de bacalhau com alho poó, gratinado com granna padano, mini creme de siri com farofinha dedendê, salada de legumes grelhados, ravióli de queijos fino com comporá de figo e lâminas de amêndoas, na manteiga de manjericão, filé fatiado ao molho demiglace com trilogia de cogumelos e mini peras ao vinho.

Jacione e Francisco Assis (Foto: Fernando Machado)

Francisco Assis Filho e Marlene Domingues (Foto: Fernando Machado)

Também leques de abacaxi e cebolas holandesas ao caramelo, arroz com frutas secas, mil folhas de batatas com ervas de Provence, arroz de limão siciliano com alho poro. A frente do serviço impecável da Bru’Nelle estava os gerentes Eugenio Raimundo e Robson Pontes. Marlene e Carlos Antônio depois de ouvirem os tradicionais parabéns para você cantados por um coral de cerca de 100 vozes cortaram o bolo grifado por Mana Asfora.

Carmita e Etério Galvão (Foto: Fernando Machado)

Débora Andrade e Julianne Farias (Foto: Fernando Machado)