Fernando Machado

Blog

Categoria música

Festival de Musica Folclórica da China

De amanhã até o próximo dia 30, um grupo de seis músicos da Orquestra Criança Cidadã – quinteto de cordas e bateria – participa do XI Festival Internacional de Música Folclórica da China, que acontece na cidade de Hohhot, capital da Região Autônoma da Mongólia Interior. Com a participação especial de Maestro Spok e seis passistas profissionais especialmente selecionados para o evento.

Os músicos da Orquestra Criança Cidadã (Foto: Divulgação)

O repertório escolhido pelo diretor musical da Orquestra, Nilson Galvão Jr., e pelo Maestro Spok contempla sucesso do frevo de rua e do frevo-canção, como: É de fazer chorar de Luiz Bandeira, Hino do Vassourinhas de Matias da Rocha e Joana Batista, Cocada de Lourival Oliveira, Folião ausente e Frevo sanfonado de Sivuca, e Último dia de Levino Ferreira.

 

Um instante Maestro

Amanhã, às 19h, no Teatro de Santa Isabel, vamos ter um recital do violoncelista italiano, Pierluigi Ruggiero, com o apoio do Consulado da Itália. Ele já tocou em festivais com direção de maestros como G. Sinopoli, C. M. Giulini e R. Muti; venceu concurso em seu país em 1996 e em 2001 foi o único italiano a ganhar uma bolsa de estudos na Academia Liszt de violoncelo da Universidade de Budapeste.

O celista italiano Pierluigi Ruggiero novamente no Recife (Foto: Divulgação)

Ao seu lado estarão a pianista Liliana Michesen e o maestro Lines Lerner. No programa Camille Saint-Saens (1835/1921), Gabriel Fauré (1845/1924|), Felix Mandelssohn (1809/1847), Jacques Offenbach (1819/1890), Severio Mercadante (1795/1870), Heitor Villa-Lobos (1887/1959), Gaetano Braga (1829/1907) e Astor Piazzolla (1921/1992). Para quem gosta de música erudita é uma excelente opção.

Alceu Valença no Central Park Summerstage

O cantor Alceu Valença participa no dia 27 de julho do Central Park Summerstage depois de 20 anos que se apresentou nos Estados Unidos. O festival começa às 18h. O cantor também fará shows em Boston, Los Angeles, San Francisco, Miami e Orlando, para mostrar que “rock que não é rock” – segundo definição do crítico John Pareles, do New York Times.

Alceu Valença de volta aos States (Foto: Divulgação)

Os EUA possuem papel decisivo na trajetória do artista. Aos 23 anos, o então estudante de Direito foi aprovado num curso de verão na Universidade de Harvard. Depois das aulas, costumava levar seu violão para a praça onde tocava cocos, emboladas e martelos agalopados, dentre outros gêneros surgidos no agreste e no sertão de Pernambuco.

Recife está fora da turnê

ABBA é uma das poucas bandas em atividade que funciona como uma espécie de máquina do tempo. Ao ouvir suas músicas, o fã se transporta para a melhor época de sua vida, ao som do melhor da disco music. A memória afetiva dos grandes hits do grupo é extremamente arrebatadora e, por onde eles passam com seu show, arrastam multidões. E, aqui no Brasil, não poderia ser diferente. O Recife não está na sua turnê pelo Brasil.

A banda sueca AABB (Foto: Divulgação)

No seu roteiro estão Ribeirão Preto (SP) no dia 19, São Paulo (SP) no dia 21 e por Porto Alegre (RS) no dia 25. Dia 26 será a vez de Santos (SP), 30 Jundiaí (SP) e em 2 de maio Curitiba (PR). No dia 3 de maio, o Abbatoca no Rio de Janeiro e se despede desta turnê nacional. O espetáculo ABBA The Show é um dos fenômenos mais importantes da música pop mundial.