Fernando Machado

Blog

Categoria artes plásticas

Vernissage de Mickey Mouse

Sexta-feira tivemos o vernissage da exposição Mickey 90 anos no shopping JK Iguatemi São Paulo, com o apoio da Faber Castell e CVC. A reunião contou com convidados vips. Voltada para todos os públicos e idades, a exposição com mais de 840 metros quadrados celebrará o legado e a história de Mickey Mouse por meio de 12 ambientes interativos, além de uma loja.

Larissa Murais e Gabriel Chadan (Foto: Lu Prezia)

A mostra ficará aberta ao publico até o dia 21 de abril. Pela primeira vez no Brasil, o personagem mais famoso do mundo tem uma mostra exclusiva em sua homenagem. A magia começa em um túnel do tempo com as evoluções do personagem, seguindo para uma réplica dos estúdios de Walt Disney – onde tudo começou – com mesas de luz e flipbooks para o público interagir e entender os princípios da animação.

Um sucesso o vernissage de Joana Lira

Joana entre os pais Carlos Augusto Lira e Bete Paes (Foto: Josivan Rodrigues)

A artista plástica e designer Joana Lira aterrissou terça-feira, no Centro Cultural Cais do Sertão, com a exposição Quando a Vida é uma Euforia, com a curadoria de Mamé Shimabukuro e com produção de Carla Valença, da Relicário, em ritmo de carnaval. Essa mostra foi apresentada no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo com o maior sucesso. Joana Lira recebia os convidados, em grande noite, num modelo vermelho da Avesso, leia-se Cris Pontual.

O secretário de Turismo Rodrigo Novaes (Foto: Fernando Machado)

A colunista social Roberta Jungmann (Foto: Fernando Machado)

Sem dúvida um revival dos carnavais do Recife entre 2001 e 2011. No térreo vários totens de figuras carnavalescas criadas por ela para o tríduo momesco daqueles anos. As cores fortes e os traços criativos misturaram a tradição com o moderno. Também tivemos na entrada a apresentação do afoxé Omô Nilê Ogunjá. Sem dúvida um verdadeiro auê. A exposição gratuita Quando a vida é uma euforia, fica em cartaz no Centro Cais do Sertão, no Recife Antigo, até o dia 17 de março.

O competente jornalista Phelipe Rodrigues (Foto: Fernando Machado)

A bonita executiva Roseana Gonçalves (Foto: Fernando Machado)

A exposição continuava no segundo andar do Centro Cultural Cais do Sertão, na Sala São Francisco e no Espaço Umbuzeiro. E quem quisesse chegar até lá, passava por uma cortina de fitas metálicas coloridas, até alcançar o elevador. O efeito ficou deslumbrante. Nos dois salões do segundo andar, estavam expostas obras feitas para reverenciar os homenageados do carnaval durante os dez anos: Ariano Suassuna, Lula Cardoso Ayres, Abelardo da Hora, Cícero Dias, Vicente do Rego Monteiro e Tereza Costa Rêgo.

A senhora Gracinha Pereira Gomes (Foto: Fernando Machado)

O jovem tricolor Pedro Caldas também prestigiou Joana (Foto: Fernando Machado)

Materiais audiovisuais, incluindo um documentário, deram o tom multimídia na mostra. As crianças que foram curtiram muito os tambores espalhados no salão. Hoje, das 16h às 18h, no Espaço Umbuzeiro acontece uma experiência sonora com Maurício Badé: diretor musical da exposição, o músico, percussionista, estudioso da música negra brasileira convida o público para uma troca sobre o leque sonoro da mostra. Tivemos também um coquetel com petiscos do Seu Boteco acompanhados da cerveja Ekaut.

 

São Francisco de Assis na Arte de Mestres Italianos

Figura dotada de enorme relevância histórica e carisma, São Francisco de Assis é, sem dúvida alguma, um dos santos católicos mais cultuados da história. Personalidade marcada por sua humildade e alegria, dedica-se aos pobres e nutre amor imensurável pela natureza, inspirando um imaginário coletivo que se estende por séculos. O Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado, em Higienópolis, São Paulo, receberá entre 15 de fevereiro e 12 de abril, a mostra São Francisco de Assis na Arte de Mestres Italianos.

São Francisco by Guercino (Foto: Exposição)

São Francisco by Tiziano Vecellio  e Pietro Perugino (Fotos: Exposições)

A exposição traz à cidade trabalhos de artistas como Tiziano Vecellio, Pietro Perugino e Guido Reni. Com curadoria de Giovanni Morello, especialista em História da Arte, e de Stefano Papetti, diretor da Pinacoteca Civica Di Ascoli, a mostra apresenta um conjunto de 21 obras realizadas entre os séculos XV e XVII, a maior parte delas oriundas de coleções públicas de regiões diversas da Itália. Seguindo a trajetória daquele que foi santificado, a mostra divide-se em três núcleos: Imagens, Os Estigmas e Conversas Sagradas.

Clementina Duarte: 50 anos de Arte e Design

Nelson Franca Ribeiro e Clementina Duarte (Foto: Fernando Machado)

O Recife estava devendo uma homenagem a esta notável profissional. Estamos nos referindo a arquiteta e joalheira pernambucana Clementina Duarte. E quarta-feira nossa sociedade se rendeu a magia das suas jóias e foi até o Museu do Estado de Pernambuco , outra joia da nossa história, ao lançamento do livro Clementina Duarte: 50 anos de Arte e Design, assim como a exposição de jóias e de fotografias de suas peças.

Margot Monteiro e Marta Freire (Foto: Fernando Machado)

Isabel Duarte, Clementina Duarte e Marta Freire (Foto: Fernando Machado)

Enquanto Clementina Duarte autografava o livro de bilíngue de 344 páginas e cerca de 200 fotografias de suas peças, era exibido o vídeo  Magicamente Clementina, dirigido por Malu Viana. Neste cinqüentenário ela contabiliza mais de seis mil jóias, entre brincos, colares, anéis, broches, pulseiras, etc. Em 1967, Clementina teve suas jóias como complemento no desfile da coleção Primeira/Verão do figurinista francês Pierre Cardin.

Rinaldo Carvalho e Carlito Rangel (Foto: Fernando Machado)

Lulu Pinheiro e Magnólia Maranhão (Foto: Fernando Machado)

No vernissage tivemos três falas: a da diretora do Museu Margot Monteiro, do diretor de produção e edição da CEPE Ricardo Melo e da própria Clementina. Em cada página da publicação nossos olhos vislumbram jóias de prata e de ouro (branco e amarelo), encravadas com diamantes, topázios, granadas, safiras, águas-marinhas, perolas, esmeraldas, topázio, tanzanaita, rubelita, marganita e rubis.

Beth Araruna (Foto: Fernando Machado)

Carlos Augusto Lira (Foto: Fernando Machado)

Clementina Duarte estava em grande noite num modelo de Marina Rinaldi, ao lado do marido Nelson Franca Ribeiro que selecionou a bibliografia, a cronologia e os textos do Clementina Duarte: 50 anos de Arte e Design e da filha Isabel. Mais de 200 pessoas circularam no Museu do Estado. A obra vai ser lançada em São Paulo e nos Estados Unidos. Não esquecer que ela criou jóias para a Rainha Elizabeth II e para a senadora norte-americana Hillary Clinton, entre outras figuras famosas. É frisar o coquetel de a gente rezar para Nossa Senhora da Conceição grifado pela Arcádia.

Graça Duarte e Zélia de Farias Neves (Foto: Fernando Machado)

Ruth Rozenbaum (Foto: Fernando Machado)

No cardápio canapés variados (camarão, salmão, gorgonzola, tomate seco), passa de caju com fita de Parma, Damasco com mousse de gorgonzola, lichia com creme de cheese e caviar, corneto de parmesão com peito de peru e geleia de damasco e amêndoa, cestinha de prima Donna com geleia de maçã e de canela, vol au vent com creme chesse, presunto Parma e figo, caixinha de lagosta, com pimenta rosa, triangulo Filadélfia e mini canelone com recheio de creme cheese e brie com molho de quatro queijos e pomodoro.

Margot Dourado (Foto: Fernando Machado)

  • 1 2 6