Fernando Machado

Blog

Categoria teatro

Teatro Negro de Praga no Recife

O ator em ritmo de malandro (Foto: Divulgação)

O Teatro Negro de Praga, uma das maiores companhias da Europa, estará subindo ao palco do Teatro Guararapes, no dia 3 de fevereiro, às 18h. A turnê nacional, após 20 anos londe do Brasil, que tem parada, em Fortaleza, Natal, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre, chega, pela primeira vez, ao Recife. O espetáculo Antologia – O Melhor do Teatro Negro, promove uma retrospectiva do melhor dos seus 58 anos de magia, combinando o teatro tradicional com mímica, dança e circo.

O malabarismo da atriz (Foto: Divulgação)

Ele já encantou mais de 5 milhões de espectadores em mais de 150 países. O Teatro Negro de Praga, do diretor e fundador Jiří Srnec, foi criado em 1961 e faz parte da primeira leva do teatro negro checo dos tempos modernos. Anteriormente, o teatro negro tradicional teve suas origens na China, onde as comédias eram apresentadas na forma de telas de projeção à luz de velas. A importância deste tipo de teatro foi reconhecida pelo presidente da República Checa quando, em 2011, foi concedida a medalha de mérito cultural e artística para Jiří Srnec. Informações no telefone (81) 3182.8020.

Um pas de deux colorido (Foto: Divulgação)

 

Tributo ao Rei do Pop

No dia 12 de janeiro, às 19h, sobe ao palco do Teatro Guararapes, no Centro de Convenções de Pernambuco, a peça Tributo ao Rei do Pop, em homenagem a Michael Jackson. Com duas horas e meia de apresentação, Rodrigo Teaser revisita clássicos como Billie Jean, Thriller, Beat it, Smooth Criminal, Black or White.

Michael Jackson vivido por Teaser (Foto: Daniel Ferreira)

Desde a estreia em 2012, o show já foi visto por milhares de pessoas no Brasil, no México, em 2017, e no Chile, em 2018. A produção tem o aval do coreógrafo LaVelle Smith, que acompanhou Michael por mais de 20 anos. Juntos, TeaserLaVelle fizeram shows pelo Brasil, apresentaram-se em programas de TV e trabalharam em um especial para o canal Multishow, em 2016, ocasião que marcou os sete anos da morte de Michael Jackson.

Teaser está muito bem como o rei do pop (Foto: Daniel Ferreira)

A performance foi ao vivo e registrou uma das maiores audiências do canal. A relação do cantor, dançarino e compositor, de 37 anos, com a obra do ídolo começou cedo. Aos 9, ele já interpretava o astro. Ivete Sangalo, Seu Jorge, Claudia Leite são alguns dos que já dividiram o palco com Rodrigo em homenagem a Michael.

O Sargento Sedutor

Há 85 anos, estreava no Teatro de Santa Isabel,pelo grupo Gente Nossa, a opereta pernambucana O Sargento Sedutor, de Nelson Ferreira e Silvino Lopes. A orquestra formada por 20 professore, era dirigida pelo professor Avelar Pereira e a cenografia de J. Miranda.

O maestro Nelson Ferreira e o jornalista e dramaturgo Silvino Lopes (Foto: Diário da Manhã)

No elenco Luis Maranhão, Luis Carneiro, Elpidio Camara, Ilidio Amorim, Severo Motta, José Lobo, Gabriel e Ruy Lobato, José Lovo, Ferreira Pinto, Fausto Cabral, Jonas de Oliveira, Vicente Cunha, Maria Amorim, Leticia Flora e Elisa Almeida.

Ana Ferro, Rainha dos Tanoeiros do Recife

O romance entre o governador de Pernambuco durante o Brasil holandês e uma cortesã no cais do porto do Recife é pano de fundo para narrar os amores impossíveis da boemia do século XVII. Inspirada no poema de Vital Correia Araújo e em pesquisas do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico de Pernambuco, a carioca Miriam Halfim criou um texto histórico com lampejos de ficção apresentando personagens reais em situações possíveis de terem acontecido.

Pedro Dias e João Neto na peça Ana Ferro (Foto: Divulgação)

A encenação de Ana Ferro, Rainha dos Tanoeiros do Recife, do pernambucano Emanuel David D’ Lúcard busca criar uma ponte entre os séculos XVII e XXI, elencando perspectivas sobre gênero, religião e racismo. A peça será encenada nos próximos dias 21 e 22 de setembro, às 20h, no Teatro Marco Camarotti/SESC de Santo Amaro. No elenco estão Cláudia Alves, Euclides Farias, Geraldo Cosmo, João Arthur, Marcos Pergentino, Patrícia Assunção, Pedro Dias e Telma Ratta.