Fernando Machado

Blog

Categoria Turismo

Pelo Regent navegar é preciso

João Alberto, Glaucia Mayr, Fátima Bezerra e Rodrigo Borges (Foto: Fernando Machado)

Quinta-feira à convite de Liese Nóbrega da Rhema Operadora fiz um shiptour no Regent Seven Seas Cruises que é uma linha de cruzeiros, anteriormente conhecida como Radisson Seven Seas Cruises, com sede em Miami, na Florida. A empresa oferece cruzeiros de luxo para mais de 300 portos do planeta. O Regent Seven Seas é especializado em navios com pequena capacidade de passageiros e muitas amenidades incluídas.

Ana Lucia Diniz, Geraldo Figueiroa e Cacau Accioly (Foto: Fernando Machado)

É a primeira embarcação onde todas as suítes possuem varandas, e foi premiada com o Navio do Ano em 2002 pela Ocean e Cruise News. O Regent foi a primeira a oferecer refeições pelo famoso Le Cordon Bleu de Paria em um dos restaurantes a bordo. No dia 14 de março quando ele atracar no porto de Barcelona, na Espanha, encerrando esse cruzeiro, ele vai passar por uma reforma.

Carol Boxwell e Raissa Falcão (Foto: Fernando Machado)

Depois dessa repaginação, o navio passa a operar cruzeiros pelo Alasca. A visita ao transatlântico que foi fundado em 2001 e construído pela Chantiers de L’Atlantique Saint-Nazaire, na França, foi muito boa, apesar de rápida. O Regent tem 12 decks, mas a partir do 5 é que consta na listagem que recebi. No deck 5 além da recepção temos o teatro, por sinal muito chique.

Janaina Mendes, Eline Ramos André e Sheila Borges (Foto: Fernando Machado)

A praça de alimentação também fica neste deck. Tanto o restaurante Compass Rose como o francês as porcelanas são de Versace. Os pratos são de a gente repetir Beleza põe Mesa. A Starlight Boite é uma beleza, onde no pequeno palco sobe os artistas para os shows. Adorei o minúsculo Cassino, as salas de ginásticas, as lojas e a área de piscina. Muitos passageiros curtiam na pérgula o sol do Recife.

João Alberto no cassino (Foto: Fernando Machado)

O Regent tem capacidade para mais de dois passageiros, mas a direção prefere ocupar colocar 700 passageiros. As cabines têm entre 24 a 112m². No último deck repousa o Obervation Lounge, que possui uma vista colossal. Nele às 17h, é servido um chá das cinco. O Regent antes de chegar ao nosso porto passou pelo do Rio de Janeiro e de Salvador. Encerrando o shiptour voltamos para o restaurante Compass Rose, onde foi servido o almoço.

O teatro que apresenta shows todas as noites (Foto: Fernando Machado)

Antes tomei uma Coca-Cola made USA (tem um sabor superior as nossas). Depois começou a ser servido o almoço. Como entrada lagosta com melão (verde e amarelo), depois um consume de jerimum com coco e o prato principal foi filé com legumes no vapor. Nunca comi um filé tão mole e gostoso como aquele. E como sobremesa cheescake de chocolate. Quero parabenizar Rodrigo Borges da Rhema e Glaucia Mayr do Regent Seven Seas Cruises. Excelentes anfitriões.

Apesar do sol os passageiros não apareceram na pérgula da piscina (Foto: Fernando Machado)

Noronha para o Mundo

Rose Anne Leitão leia-se Smart Trading de Miami, adora Fernando de Noronha, faz tudo para promovê-lo. É sem duvida uma grande relações publicas de Pernambuco nos Estados Unidos. Este ano ela e o marido Ariel Yaari realizaram o projeto Noronha para o Mundo que, em parceria com diversos empresários de Recife e de Noronha, levou artistas brasileiros residentes nos Estados Unidos para desfrutarem alguns dias no arquipélago e se inspirarem para realizar obras com este tema.

Bruno Lima, Almir Rouche, Rafael Ramos e Aurecilio Romão (Foto: Divulgação)

Como resultado, a artista plástica Clara Piquet, promoveu vernissage da mostra Sea Inside – Noronha to the World na loja  LuxLuk Design, e teve coquetel grifado pelo Chef Auricélio Romão do Restaurante Cacimba Bistrô de Fernando de Noronha. O projeto Noronha para o Mundo também trouxe o fotógrafo pernambucano Bruno Lima para expor no Miami River Art Fair, com fotos inspiradas no arquipélago.

Ariel Yaari, Rose Anne Leitão, Clara Piquet e Márcio Salim (Foto: Divulgação)

E para completar os responsáveis pela Globo Internacional, Jo e Yara Cavaignac, convidaram Rose Anne e viabilizaram uma homenagem a Fernando de Noronha, no evento anual em Miami. A ação aconteceu no Restaurante Texas de Brasil, em South Beach, para 500 convidados e com direito aos quitutes do Chef Auricélio Romão e um show do cantor Almir Rouche. Rose botou Fernando de Noronha na crista da onda naquela cidade norte-americana.

Noronha para o Mundo em Miami

Adriana e Rodrigo Machado movimentaram jantar na sua residência de Miami em torno dos coordenadores do Projeto Noronha para o Mundo, leia-se Rose Anne Leitão e Ariel Yaari. Entre as presenças estava à eterna cônsul dos Estados Unidos no Nordeste, Maria Sanchez-Carlo. Apaixonada por Pernambuco confessou “Sou cidadã recifense, amo as pessoas, o sotaque, a gastronomia e a cultura pernambucanas. Fiz muitas amizades e conservo todas no meu coração”.

Rose Anne, Maria e Ana de Fátima (Foto: Divulgação)

Aproveitou para mandar um abraço especial para este cronista, para o chef Cesar Santos, e mandou “um beijo grande para todos meus conterrâneos. Saudade do meu Pernambuco”. Maria Sanchez-Carlo, que mora em Washington DC, foi convidada por Rose Anne para participar do projeto que aconteceu semana passada em Miami, na Florida. Também participaram do encontro o cônsul adjunto do Brasil em Miami Luiz Kouri à coté Daniela, Ana de Fátima e Roberto Mattos. Amanhã escreverei sobre o Noronha para o Mundo.

Brazilian Day 2012: Jantar

Carlos Braga, Alberto Feitosa e André Correia (Foto: Fernando Machado)

Os chefs Felipe Barreto e César Santos (Foto: Fernando Machado)

Priscila Monteiro, Alexandre Cavalcanti e Luciana Fernandes (Foto: Fernando Machado)

No dia sábado passado, fez cinco anos que o secretário de Turismo de Pernambuco, Alberto Feitosa e o presidente da Empetur, André Correia, ofereciam no Restaurante Circus, leia-se Samantha Reis e Rodrigo Chamon, em Manhattan, New York, jantar dos mais categorizados em torno do grupo de jornalistas convidados para cobrir o Brazilian Day 2012.

Samantha Reis e Rodrigo Chamon (Foto: Fernando Machado)

Karina Maux, Tarcisio Regueira e Sabrina Albuquerque (Foto: Fernando Machado)

Antes de ser servido o jantar falaram Luciana Fernandes, André Correia, Alberto Feitosa, Carlos Braga e diretor da American Airlines, Alexandre Cavalcanti. O fundo musical foi com o Maestro Spok e um quarteto de músicos de sua Orquestra, que fizeram o maior sucesso. No set list músicas de forró ao frevo de bloco de bloco ao frevo canção. Voltei Recife de Luiz Bandeira e Madeira que Cupim não rói de Capiba, Luar do Sertão de Luiz Gonzaga levaram os convidados ao delírio.

Roberta Jungmann (Foto: Fernando Machado)

João Paulo Gomes e Paulo Menezes (Foto: Fernando Machado)

O cardápio dos deuses foi assinado pelos Chefs César Santos e Felipe Barreto. Como entrada tropical lobster salad, Porto de Galinhas Skewer, carne de sol pernambucana e como sobremesas cartola, bolos (rolo e macaxeira). Tudo isso regado ao vinho tinto da Rio Sol e caipirinha de cachaça pernambucana. Sem dúvida, uma noite inesquecível. Tanto que estou escrevendo sobre a noite de gastronomia, pois recordar é viver

Geraldo Figueiroa, Sabrina Barbosa e Alexandre Galvão (Foto: Fernando Machado)

Janaina Lima, Isabela Gayoso e Cecilia Ramos (Foto: Fernando Machado)