Fernando Machado

Blog

Categoria Mister

Mister Supranational de 2019

Mister Supranacional de 2018, Prathamesh Maulingka do Vietnã (Foto: Concurso)

No dia 7 de dezembro, em Silésia, na Polônia, vamos ter a escolha do Mister Suprantional de 2019. O executivo Gerhard Von Lipinski fundou o concurso em 2016, cuja sede é Panamá. O primeiro vencedor foi Diego Garcy do México, o segundo foi Gabriel Correa da Venezuela e no ano passado o eleito foi Prathamesh Maulingkar da Índia.

Mister México, Gustavo Dousset Ayala (Foto: Concurso)

Mister Tailândia, Tong Chanchai (Foto: Concurso)

Estão inscritos até agora 35 rapazes. O mais velho Mitch Hart com 31 anos é da Holanda. O mais novo é Manutea Benet Brissonet com 21 anos da Nova Caledônia. O mais alto é Leonardo Carrero com 1m91 da Venezuela e o mais baixo é Denver Hernandez com 1m78 das Filipinas. O Brasil será representado Mister Paraíba, o carioca Ítalo Cerqueira com 27 anos e 1m90 de altura.

O deus de ébano do Brasil, Ítalo Cerqueira (Foto: Concurso)

Mohamad Sandakli é o Mister Líbano de 2019

Mostafá Salameh, Alek Hermez, Mohamad Sandakli, Ramy Saadeh e Tony Hayder (Foto: Concurso)

Jad Issa e Nidal Bcherawi (Foto: Concurso)

Ontem, na Pitch Blue Rivera Hotel, em Beirute tivemos a cerimônia de coroação do rei da beleza do Líbano para 2019, Mohamad Sandakli, por Nidal Bcherawi. A apresentação do desfile foi de Eva Makdessi. Mister Líbano de 2018, Mohamad Taha, estava no palco. No 2º lugar ficou Ramy Saadeh, no 3º lugar ficou Alek Hermez, no 4º lugar ficou Tony Haydar e no 5º ficou Mostafá Salameh.

Carl Yamine, Bob Shallou e Saleh Antar (Foto: Instagram)

Os 16 candidatos de calções (Foto: Concurso)

Também tivemos a escolha do Mister Fotogenia, que foi para Jad Issa; o Mister Personalidade para Carl Yammine e o Mister Beleza por Projeto Social vencido por Elie Sahyoun. Mohamad Sandakli tem 24 anos e vai disputar o concurso de Mister Internacional. O Mister Líbano foi criado por Nidal Bcherawi em 1995.

Mohamad Sandakli, Eva Makdessi e Mohamad Taha (Foto: Concurso)

Os 16 candidatos em traje de gala (Foto: Concurso)

Kim Jong-Woo é o Mister Global 2019

Quarta-feira, no Lumpinee Boxing Stadium, de Bancoque, na  Tailandia, Kim Jong-Woo foi  eleito Mister Global de 2019, que recebeu a faixa do Mister Global de 2018, Dário Duque. Participaram do concurso 38 candidatos. O Mister Global foi fundado em 2014 pelo empresário tailandês Pradit Pradinut.

Braulio Encarnacion, Houssem Saidi, Kim Jong Woo, José Luis Rodrigo e Kenan Murseli (Foto: Pawee Ventura)

Depois do desfile de traje típico, banho e de noite foi anunciado o Top 16: Gil Raupp (Brasil), Nelson Cáceres (Chile), Kim Jong-Woo (Coreia do Sul), Süleyman Mullahasan (Chipre do Norte), Rubert Solozábal (Cuba), José Luis Navarro (Espanha), Ricky Gumera (Filipinas), Herman Cahyono (Indonésia), Manuel López (México), Michal Grudzień (Polônia), Ângelo Amaro (Portugal), Jeerawat Vetsakol (Tailândia), Braulio Encarnación (Republica Dominicana), Kenan Murseli (Suíça), Houssem Saïdi (Tunísia) e Nguyen Hùng Cuong (Vietnã).

O traje tipico vencedor foi o de Thiha Kyaw (Foto: Andy Cayna)

Ângelo Amaro de Portugal foi eleito Mister Simpatia, Chace Cheng King-Lok de Hong Kong foi Mister Fotogenia, Kiengkai Xouansonuandao de Laos faturou o Mister Sorriso, Kenny Guerra do Panamá foi Mister Físico, Nelson Cáceres do Chile ficou como Mister Best Model, Thiha Kyaw do Mianmar foi o Mister Traje Típico e Nguyễn Hùng Cường do Vietnã Mister Popularidade.

Os candidatos num clique especial para a Sash Factor

No final foram anunciados os cinco finalistas: 5º lugar ficou Braulio Encarnación da Republica Dominicana, o 4º lugar ficou Kenan Murseli da Suíça, em 3º José Luis Navarro da Espanha, em 2º lugar ficou Houssem Saïdi da Tunísia e o vencedor foi Kim Jong-Woo da Coreia. Como sempre não era o melhor, quando citaríamos Braulio Encarnación da Republica Dominicana, José Luis Navarro da Espanha e Jeerawat Vetsakol da Tailândia.

Hoje tem Mister Global

Misteres Coreia, Taiwan, Chile, Suiça, Peru e Espanha (Foto: Concurso)

Hoje, às 20h, no Lumpinee Boxing Stadium, de Bancoque, na  Tailandia, será escolhido o Mister Global de 2019. Participam do evento 38 candidatos. O vencedor receberá a faixa do Mister Global de 2018, Dário Duque, norte-americano que representou Cuba. O concurso de Mister Global foi fundado em 2014 pelo empresário tailandês Pradit Pradinut. Vamos ter desfile de traje típico, de banho e de noite. Depois será selecionado o Top 15, o Top 10 e Top 5.

Misteres Guam, Republica Dominicana, Tunisia, Egito e Cuba (Foto: Concurso)

Misteres México, Estados Unidos, Hong Kong, Nepal e Indonésia (Foto: Concurso)

Os candidatos são Marcus Karsten (África do Sul), Gil Raupp (Brasil), Nelson Cáceres (Chile), Ruihu Chen (China), Süçeyman Mullahasan (Chipre do Norte), Kim Jong-Woo (Coreia do Sul), Rubert Solozábal (Cuba), Adam Hussein (Egito), José Luis Navarro (Espanha), Branden Allen (Estados Unidos), Ricky Gumera (Filipinas), Jonathan Onedera (Guão), Tcholo Medastin (Haiti).

Misteres Chipre do Norte, Tailândia, Japão, Panamá e Malásia (Foto: Concurso)

Misteres Polônia, Nigéria, África do Sul, Suécia, Índia, Portugal e Brasil (Foto: Concurso)

Ainda Chace Cheng King-Lok (Hong Kong), Rishabh Kumar (Índia), Herman Cahyono (Indonésia), Kodai Hata (Japão), Kiengkai Xouansonuandao (Laos), Chris Chan (Malásia), Manuel López (Mexico), Thiha Kyaw (Mianmar), Aryan Sitaula (Nepal), Triumph Moses (Nigéria), Kenny Guerra (Panamá), Miguel Millasaky (Peru), Michal Grudzién (Polônia), Ângelo Amaro (Portugal).

Misteres Porto Rico, China, Togo, Laos e Mianmar (Foto: Concurso)

Misteres Sri Lanka, Haiti, Vietnã, Filipinas e Republica Tcheca (Foto: Concurso)

E finalmente Edgar Irizarry (Porto Rico), Than Tung Cao (Republica Checa), Braulio Encarnación (Republica Dominicana), Madruranga Dilshan (Sri Lanca), Sebastian Jonsson (Suécia), KenanMurseli (Suiça), Kevin Chang Zhe-Wei (Taiwan), Jeerawat Vetsakol (Tailandia), Kwassy Adjamah (Togo), Houssem Saïdi (Tunisia) e Nguyễn Hùng Cường (Vietnã).

Dário Duque diante dos candidatos (Foto: Concurso)