Fernando Machado

Blog

Categoria Mister

Quem será o Mister Brasil CNB?

Pablo Sena, Gustavo Garcia e Levy Reis (Foto: João Ricardo Dias)

Kevin Greiner, Hugo Cardoso e Artur Viegas (Foto: João Ricardo Dias)

Hoje à noite, no Hotel Bosque, em Angra dos Reis, vamos ter a escolha do Mister Brasil CNB de 2018. Estão participando do concurso 49 candidatos de várias partes do Brasil. O mais baixo é Hitallo Rangel do Piauí, com 1m75 de altura e o mais alto é João Motthê de Agulhas Negras, com 1m95 de altura. O mais novo é Bernardo Timm Boggian do Rio de Janeiro com 20 anos e o mais velho é Artur Maciel da Paraíba, com 32 anos.

Artur Viegas, Júnior Walladão  e Ian Bock (Foto: João Ricardo Dias)

Os estados da Bahia e do Rio Grande do Sul têm cinco participantes. Os baianos vão com os Misteres Bahia Levy Reis, Caminhos do Sudoeste Erick Veiga, Chapada Diamantina Mauricio Portugal, Costa do Cacau Fernando Neto e Ilha de Itaparica Lucas Lucci. Os gaúchos estão representados pelos Misteres Paulo Juarez Costa Doce, Lucas Martins Grande Porto Alegre, Gil Raupp Litoral Sul Gaucho, Gabriel Souza Pampa Gaúcho e Felipe Haeffner Rio Grande do Sul.

Gabriel Souza, Gabriel Vital e Fábio Goulart (Foto: João Ricardo Dias)

De sunga os melhores foram Gilmar Ferreira (Baixada Santista), Jesus de Lima (Brasília), Mauricio Portugal (Chapada Diamantina), Pablo Rennan (Costa das Dunas), Fernando Neto (Costa do Cacau), Rodolfo Donna (Espírito Santo), Lucas Martins (Grande Porto Alegre), Lucas Cardoso (Ilhas de Búzios).

Miguel Leles, Júnior Marchetta  e Artur Maciel (Foto: João Ricardo Dias)

Também Lucas Lucci (Ilha de Itaparica), Gabriel Souza (Pampa Gaucha), Miguel Leles (Pantanal), Artur Maciel (Paraíba), Bernardo Timm Boggian (Rio de Janeiro), Guilherme Holanda Matias (Rio Grande do Norte), Júnior Fernandes (Roraima), Danthy Meirelles (Santa Catarina) e Rodrigo Brigatto (Zona da Mata Mineira).

Gabriel Werner , Hitallo Rangel e Bernardo Timm Boggian (Foto: João Ricardo Dias)

De terno preferi João Mothé (Agulhas Negras), Gilmar Ferreira (Baixada Santista), Jesus de Lima (Brasília), Anthonio Maia (Ceará), Mauricio Portugal (Chapada Diamantina), Pablo Rennan (Costa das Dunas), Fernando Neto (Costa do Cacau), Rodolfo Donna (Espírito Santo), Lucas Martins (Grande Porto Alegre), Lucas Cardoso (Ilhas de Búzios), Lucas Lucci (Ilha de Itaparica).

Guilherme Matias, Felipe Haeffner  e Gabriel Galindo  (Foto: João Ricardo Dias)

E mais Artur Viegas (Ilhas de Ipanema), Gabriel Souza (Pampa Gaucho), Miguel Leles (Pantanal), Artur Maciel (Paraíba), Hitallo Rangel (Piauí), Bernardo Timm Boggian (Rio de Janeiro), Guilherme Holanda Matias (Rio Grande do Norte), Júnior Fernandes (Roraima), Danthy Meirelles (Santa Catarina) e Rodrigo Brigatto (Zona da Mata Mineira).

Douglas Lenk , Eduardo Borba Érick Vasconcellos (Foto: João Ricardo Dias)

Este concurso tem muitas eliminatórias, e pasmen, com chaves, lembrando campeonato mundial de futebol (oitavas-de-final, quartas-de-final, semifinal e final). Não remete a concursos de beleza, mas o tempo muda tudo. O ano passado a escolha foi cansativa e não venceu o melhor. Mister Brasil de 2017, Matheus Song, tem muito prestigio junto ao coordenador Henrique Fontes, pois até sua irmã Daniela Song é apresentadora do evento.

Douglas Lenk, Danthy Meirelles e Samuel Costa (Foto: João Ricardo Dias)

Higor Lira, Jucinei Ferreira, Thiago Varela e Rodrigo Brigatto (Foto: João Ricardo Dias)

Mister Brasil CNB 2018

Leandro Adam, João Mothé e João Luccas (Foto: João Ricardo Dias)

Amanhã, à noite, no Hotel do Bosque, em Angra dos Reis, 49 rapazes, estarão tentando ser eleito Mister Brasil de 2018. Todos eles têm um sonho, assim como o das moças brilharem nas passarelas. Alguns ficaram horas e horas nas academias em busca de um corpo ideal. Muitas vezes ganha um candidato sem um perfil de Mister. Coisas de concurso de beleza. E esse concurso é um samba de crioulo doido. Achei as sungas grandes demais.

Gilmar Ferreira, Jesus de Lima e Renan Castro (Foto: João Ricardo Dias)

Os misteres precisam apresentar um projeto social, participar de jogos e outras coisitas mais. O candidato de Pernambuco, Lucas Barros, desistiu de participar. Talvez por falta de patrocínio. Pois não pensem que eles dão pinta na passarela de graça. Paga uma taxa. A juventude atual é muito antenada. Curtem calças rasgadas, e meia coronha e sapatos sem meias. Não sei se com o passar dos anos eles não vão ter vergonha desse momento. O importante é viveram grandes momentos.

Erick Veiga, Anthonio Maia e Mauricio Portugal (Foto: João Ricardo Dias)

Pelo vídeo que eu assisti selecionei os melhores. Ao vivo é outra coisa. Então o blog aponta João Mothé (Agulhas Negras), Gilmar Ferreira (Baixada Santista), Anthonio Maia (Ceará), Maurício Portugal (Chapada Diamantina), Pablo Rennan (Costa das Dunas do Rio Grande do Norte), Lucas Lucci (Ilha de Itaparica), Artur Viegas (Ilhas de Ipanema), Júnior Walladão (Maranhão), Gabriel Vital (Minas Gerais), Gabriel Souza (Pampa Gaucho).

Pablo Rennan, Fernando Neto e Paulo Juarez (Foto: João Ricardo Dias)

Ainda temos Miguel Leles (Pantanal), Bernardo Timm Boggian (Rio de Janeiro), Guilherme Holanda Matias (Rio Grande do Norte), Gabriel Galindo (Rio de Janeiro Capital), Douglas Lenk (Sergipe), Jucinei Ferreira (Triangulo Mineiro) e Rodrigo Brigatto (Zona da Mata Mineira). O coordenador Henrique Fontes está de parabéns, pois lugares que nunca ouvi falar sendo representado.

Josias Machado, Rodolfo Donna e Diogo Henrique (Foto: João Ricardo Dias)

Posso está enganado mais João Mothé, Mister Agulhas Negras; o deus de ébano Levi Reis, Mister Bahia; Pablo Rennan, Mister Costa das Dunas do Rio Grande do Norte; Kevin Greiner, Mister Ilha Grande; Gil Raupp, Mister Litoral Sul Gaucho e Guilherme Holanda Matias, Mister Rio Grande do Norte, deve mais, fazem parte da tribo das malavilhas. Amanhã tem mais fotos dos bofes.

Marcos Martins, Lucas Martins e Lucas Lucci (Foto: João Ricardo Dias)

Cao Xuân Tài é o Man of the World

Cao Xuân Tài sendo coroado por Mustafa Galal Eilizabi (Foto: Missosology)

Sábado passado, no Metro Manila, em San Juan, Filipinas, a eleição do Man Of The World de 2018. Depois dos 26 candidatos se apresentaram de trajes típico, sungas e trajes de noite, foi eleito Cao Xuân Tài, do Vietnã. No top 5 ficaram Ondrej Valenta (Republica Checa), Natapol Srisarn (Tailândia), Clint Karkliñs (Filipinas), Bjorn Camilleri (Malta) e Cao Xuân Tài (Vietnam).

Mustafa Galal Eilisabi entre os 26 concorrentes (Foto: Dennis Navidad)

O resultado final foi o seguinte: em 5º lugar Natapol Srisarn da Tailândia, em 4º lugar Ondrej Valenta da Republica Checa, em 3º lugar Bjorn Camilleri de Malta, em 2º lugar Clint Karkliñs das Filipinas, e o vencedor foi o vietnamita Cao Xuân Tài, que foi coroado pelo Man Of The World de 2017, Mustafa Galal Elizali, do Egito.

O Top 17 (Foto: Dennis Natividad)

No Top 10 ficaram Wrendi Agil R (Indonésia), Bjorn Camilleri (Malta), Ondrej Valenta (Republica Checa), Kaung Htet Wai (Mianmar), Natapol Srisarn (Tailândia), Cao Xuân Tài (Vietna), Clint Karkliñs (Filipinas), Ruitao Li (China), Gil Hwan Kim (Coreia) e Juan Carlos Cabrera (Peru). O Mister Simpatia e o melhor Traje Típico foi de Clint Karkliñs (Filipinas), Mister Fotogenia foi Kbrom Habeshawi (Etiopia), o melhor corpo foi Erdenetsogt Egi Egi Siilegma (Mongolia) e o mais elegante Joshua Chhabra (India).

O Top 10: Malta, Indonesia, Mianmar, República Checa, Tailandia, Vietnã, Filipinas, China, Coreia e Peru (Foto: Dennis Natividad)

No Top 17 ficaram Clint Karkliñs (Filipinas), Gil Hwan Kim (Coreia), Bjorn Camilleri (Malta), Joseph Lawrence Bondoc (Guam), Erdenetsogt Egi Egi Siilegma (Mongolia), Ondrej Valenta (Republica Checa), Ruitao Li (China), Joshua Chhabra (Índia), Emmanuel Luiz (Nigéria), Natapol Srisarn (Tailândia), Juan Carlos Cabrera (Peru), Kaung Htet Wai (Mianmar), Lennie Figueroa Ruiz (Porto Rico), Wrendi Agil R (Indonésia), Anthony Mark Cruz (Itália) e Cao Xuân Tài (Vietnam).

O Top 5 Natapol Srisarn,  Clint Karkliñs, Cao Xuân Tài, Bjorn Camilleri e Ondrej Valenta (Foto: Missosology)

Participaram do concurso os seguintes candidatos Eduardo Possamai (Brasil), Nick kevin Parker Biapa (Camarões), Ruitao Li (China), Ondrei Valenta (República Checa), Wiler Jair Choez Loor (Equador), Ahmed Madkour (Egito), Kbrom Habeshawi (Etiópia), Joe Bondoc (Guam), Joshua Chhabra (Índia), Wrendi Agil R (Indonésia), Max Mehrafsha (Irã), Anthony Mark Cruz (Itália), Gil Hwan Kim (Corea), Fitri Razali (Malásia).

Joshua Chhabra da India e  Erdenetsogt Egi Egi Siilegma da Mongólia (Fotos: Missosologia)

Ainda Bjorn Camilleri (Malta), Erdenetsogt Egi Egi Siilegma (Mongólia), Kaung Htet Wai (Myanmar), Chandan Biswokarma (Nepal), Emmanuel Luiz (Nigéria), Rantz Rank (Palestina), Juan Carlos Cabrera (Peru), Clint Karkliñs (Filipinas), Lennie Figueroa Ruiz (Porto Rico), Yamin Yusof (Singapura), Anuradha Stefan Upekshaka (Sri Lanka), Natapol Aon (Tailândia) e Cao Xuan Tai (Vietnã).

Kbrom Habeshawi da Etiópia e Clint Karkliñs das Filipinas (Fotos: Concurso)

Mister e Miss Rodeio do Brasil 2018

Domingo, na Praça de Alimentação do North Shopping Barreto, em São Paulo, foram eleitos o Mister Rodeio Brasil e a Miss Rodeio Brasil 2018, João Vitor Pedro, de Serrana/SP e Tatiana Soares, de Taquaritinga/SP respectivamente. Concorreram ao titulo 14 rapazes e 10 garotas de diversas cidades do Brasil. Os meninos usaram chaparreira e as meninas trajes típicos da coleção do artista Marcelo Ortale.

Marcelo Munhoz, João Vitor Pedro e Thiago Cerqueira (Fotos: Jean Carlos Teixeira)

Luana Brito, Tatiana Soares e Adrielly Borsani (Fotos: Jean Carlos Teixeira)

Nos os segundos lugares ficaram Marcelo Munhoz e Luana Brito, batizados de Mister Cowboy do Brasil e Miss Cowgirl do Brasil. Nos terceiros lugares ficaram Thiago Cerqueira e Adrielly Borsani, que receberam os títulos de Mister e Miss Brasil Sertanejo de 2018. O concurso é uma realização de MF Comunicação & Eventos, leia-se Milton Figueiredo e a produção de Reinaldo Costa.